quinta-feira, 28 de julho de 2016

Polícia prende os assaltantes da lotérica de Itaporanga

Após o assalto em Itaporanga, os assaltantes seguiram para Piancó, onde assaltaram um mercadinho e logo fugiram para Coremas


Uma ação bem sucedida realizada pela tropa do 13º Batalhão de Polícia Militar, foi festejada pela população e ainda teve direito a carreata, no estilo que fazem nas grandes cidades Brasil a fora.

De acordo com as informações do Major Guedes, comandante do Batalhão, três meliantes, um deles natural da cidade de São Bento e outros dois de Bom Sucesso (PB), roubaram um veículo Fiesta na manhã desta quinta-feira (28), e se dirigiram até a Itaporanga, onde durante a tarde, anunciaram um assalto a Casa Lotérica, maior correspondente bancário da cidade, porém não conseguiram levar o dinheiro dos caixas. “Pelo fato da blindagem dos caixas, os meliantes não conseguiram levar o dinheiro, mas tomaram mediante ameaça, o dinheiro de um cliente que estava no local”, comenta Guedes.

Após o assalto em Itaporanga, os assaltantes seguiram para Piancó, onde assaltaram um mercadinho e logo fugiram para Coremas, porém foram interceptados ainda na Rodovia.

“Nossa tropa já estava em diligência para atender o primeiro caso, e a rapidez dos homens do 13º BPM foi essencial para culminar na prisão desses três elementos”, disse o Major Guedes que parabenizou seus comandados, em especial aos do Pelotã de Coremas pela ação.

Ao serem presos, os três assaltantes foram levados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itaporanga, onde serão autuados em flagrante por vários crimes. Com eles foram encontradas duas armas de fogo e o dinheiro dos assaltos, além do carro e uma moto roubada.

Filhos de Santana dos Garrotes são convidados do Programa Domingo Show da Record no dia 31/07/2016


Desde criança a paixão pela música já conduzia os primeiros acordes dos irmãos santanenses. Em São Paulo, os filhos do senhor Zé Queiroz, sempre batalharam muito, seja cantando nas noites , seja atuando na construção civil. E foi através de um vídeo apresentado nas redes sociais em qukiikie a dupla – DoniQueiroz & Erivelton - animam os colegas de trabalho na obra, que o talento dos sertanejos chamou atenção da Rede Record.        Veja o vídeo gravado no trabalho 

https://youtu.be/-nnnn

terça-feira, 26 de julho de 2016

Nova espécie de dinossauro é encontrada no sertão da Paraíba


1ª Ilustração mostra como seria a espécie de titanossauro encontrada em um parque do nordeste

A 438 km de João Pessoa, a região de Sousa, no sertão da Paraíba, abriga um famoso parque chamado Vale dos Dinossauros, que atrai pesquisadores e turistas do mundo todo devido às abundantes pegadas desses bichões.

Agora, no entanto, paleontólogos encontraram um outro vestígio desses nordestinos pré-históricos: fragmentos fossilizado da fíbula, um osso da perna, do que seria uma nova espécie de titanossauro –herbívoro famoso pelo longo pescoço– que viveu no Estado há cerca de 136 milhões de anos.

A descoberta, liderada pela paleontóloga Aline Ghilardi, da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), tem dois méritos principais: é a primeira identificação eficaz dos grandes répteis que habitaram aquela região e é ainda o dinossauro mais antigo do período Cretáceo (entre 145 milhões e 66 milhões de anos atrás) a ser identificado no Brasil.

"A descoberta aponta para a possibilidade de acharmos mais ossos dos animais que deixaram aquelas pegadas", diz o paleontólogo Felipe Pinheiro, professor da Unipampa (Universidade Federal do Pampa), que não participou do trabalho.

A partir do estudo comparativo do material encontrado, os pesquisadores concluíram que se trata de uma espécie inédita. A fração óssea recuperada, porem, ainda não é suficiente para descrever a espécie formalmente.

Por enquanto, o dinossauro recebeu o apelido de Sousatitan –o titã de Sousa. Os paleontólogos aguardam a coleta de mais material e o aprofundamento das pesquisas para prosseguirem com a descrição completa e oficial do animal.

"Mas isso [o fato de a espécie não ter sido descrita ainda] não tira o mérito da descoberta. Na verdade, o novo achado é ainda mais importante do que muitos 'nomes novos' de espécies que já vi por aí", considera Pinheiro.

O artigo, publicado na revista científica "Cretaceous Research", já traz informações relevantes sobre esse novo dinossauro. Os cientistas estimam que ele tinha 1,60 m de altura até o quadril e que não deveria ter mais do que 5,70 m de comprimento. Ou seja, não era dos maiores. Uma análise histológica, no entanto, mostrou que o osso pertencia a um indivíduo jovem, que morreu antes de se desenvolver completamente.

"É possível que um Sousatitã adulto pudesse atingir um tamanho muito maior do que esse", afirma Ghilardi.

AJUDA LOCAL

A identificação do fóssil só foi possível graças à observação atenta de um dos moradores de Sousa, Luiz Carlos Gomes, que viu o osso ainda em meio às pedras e sedimentos e resolveu tirar uma foto. A imagem, compartilhada na internet, chegou a um grupo de paleontólogos, que logo notou o potencial dos fragmentos encontrados.

Uma parceria com a secretaria de turismo local garantiu que o fóssil fosse devidamente recolhido e transportado para a Universidade Federal de Pernambuco, onde foi estudado. Após o trabalho, o titã paraibano retornou para Sousa, onde em breve será exposto ao público no museu do Vale dos Dinossauros.

Segundo Ghilardi, a descoberta pode ajudar a impulsionar não somente a pesquisa paleontológica, mas também o turismo da região. O parque, criado pelo governo do Estado da Paraíba em 2002, tem de 700 km2 e diversas atividades envolvendo dinossauros e ecoturismo. Mas a atração principal são mesmo as pegadas. Há registros que variam entre 5 cm e 40 cm e a área reserva ainda uma das mais longas trilhas de pegadas desses grandes répteis no mundo.

domingo, 24 de julho de 2016

Prefeito Audiberg Alves oficializa apoio ao empresario Divaldo Dantas


                                                                                Após a coletiva de imprensa dada em sua residência o prefeito Audiberg Alves PSB, Chico Lopes presidente local do PSB e demais lideranças seguiram ate o Itaporanga Esporte Clube onde acontecia a convenção do PMDB. O Prefeito fez uso da palavra dizendo - se convocado pelo governador Ricardo Coutinho que o perguntou se ele fazia objeção a retirar a sua candidatura a reeleição, mas o mandatário do município foi categórico ao afirmar. " a quatro anos atrás Divaldo me apoiou, me emprestou sua filha Daniele Dantas  para ser minha auxiliar no governo por que não apoiar o desenvolvimento de nossa cidade". Audiberg ainda disse da responsabilidade da escolha do companheiro de chapa de Divaldo que deverá sair do PSB ou da base aliada. Depois diversas lideranças fizeram o uso da palavra a exemplo do senador Zé Maranhão e encerrando com a palavra do candidato a prefeito Divaldo Dantas.

Cruzeiro de Itaporanga confirma amistoso para o próximo domingo e deve anunciar reforços em breve


O Cruzeiro de Itaporanga segue com a preparação visando à disputa do Campeonato Paraibano da 2ª divisão. No próximo domingo (24), a Raposa do Vale fará mais um amistoso na pré-temporada. O teste será contra o Paraíba, às 16h, no estádio "O Perpetão", em Cajazeiras.
O amistoso servirá para o técnico Cassius Manga observar todo elenco e começar a esboçar a equipe titular para a estreia na segundona diante do Nacional de Pombal, no dia 21 de agosto.
O Cruzeiro conta até o momento com 20 jogadores e a diretoria deve reforçar a equipe até a estreia, principalmente na defesa. O clube conta apenas com dois zagueiros no elenco.
De acordo com o gerente de futebol, Edmundo Clementino, a diretoria deve está buscando novos reforços: "Estamos conversando com alguns jogadores e esperamos fechar o quanto antes", disse.
Confira o elenco do Cruzeiro de Itaporanga:
Goleiros: Marcos, Leandro e Bruno
Laterais: Zé Wilker, Railson, Danilo Itaporanga e Kaique
Zagueiros: Jardel e Jean
Volantes: Rafael, Brejeiro e Felipe
Meias: Lucas Sousa, Marcelo, Evinho, Edcarlos e Túlio
Atacantes: Rodolfo, Dú Paraíba e Danrley

Bomba: PSB retira candidatura e Governador anuncia apoio ao empresário Divaldo Dantas, em Itaporanga

                                                                  









O governador Ricardo Coutinho (PSB), anunciou apoio ao pré-candidato a prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas (PMDB), na manhã deste sábado (23), em João Pessoa. Ele convidou o empresário do ramo têxtil, juntamente do então pré-candidato a vice-prefeito Herculano Pereira (PTN), para uma reunião na Granja Santana, que ao chegar ao local, foram surpreendidos com a presença do Prefeito Audiberg Alves (PSB), que também aguardava o mesmo chamado do governador.
Na pauta, a conjuntura das eleições do corrente ano. Ricardo disse que queria ouvir os pré-candidatos, e em seguida falou que ambos votaram nele para a reeleição de 2014, e que tinha números aferidos através de pesquisas, que mostravam ser favoráveis ao nome de Divaldo Dantas.
Em mais um desfecho das eleições de Itaporanga, município situado no Sertão do Estado, o Governador conversou com o Prefeito Audiberg Alves, chamando o mesmo para o feito a ordem, e disse que o projeto de Divaldo seria o mais viável para o desenvolvimento e o crescimento da cidade, onde logo em seguida, conseguiu o convencimento de Berguim para que o PSB pudesse somar força ao projeto do PMDB, ficando a cargo de lançar o vice na chapa.
De acordo com as informações, Berguim não se opôs ao chamamento do governador e disse que estaria de acordo, já que Divaldo lhe conferiu apoio nas eleições de 2012, e ainda elencou as qualidades do empresário, pontuando que o mesmo é o pivô do desenvolvimento industrial e consequente destaque econômico que o município teve nos últimos anos.
Divaldo em contrapartida parabenizou a maturidade de Berguim, e agradeceu ao governador pelo reconhecimento ao povo de Itaporanga, já que seu plano de governo será pautado nos moldes da atual gestão do Estado, primando pelo trabalho, o contato direto com a população e pelo desenvolvimento da cidade.
Todo o desfecho se deu principalmente pela participação do deputado estadual Gervásio Maia, que usou suas habilidades e mostrou a importância dessa união.
CONVENÇÃO
O PMDB estará realizando sua Convenção Municipal na manhã deste domingo (25), no Itaporanga Esporte Clube, e já está tudo pronto para homologar o nome de Divaldo Dantas para concorrer ao cardo de prefeito nas eleições desse ano.
O ANUNCIO
O Prefeito Audiberg Alves reunirá seu grupo político, juntamente da imprensa regional em sua residência, às 9h da manhã deste domingo, onde estará anunciando oficialmente a renúncia de concorrer à reeleição e o apoio ao pré-candidato Divaldo Dantas.   
HERCULANO PEREIRA
O PMDB já havia formado chapa com o PTN, que lançou o pré-candidato a vice, Herculano Pereira, porém, visando a oxigenação do grupo e sabendo que o projeto permaneceria com a mesma ideologia, o ex-vereador e ex-candidato a Deputado Estadual abriu mão da vaga em comum acordo e na melhor forma, para o vice que será indicado pelo PSB
Recentemente o PMDB de Itaporanga recebeu o apoio do PTB, agora recebe o apoio das estruturas do Estado e da Prefeitura local.
Este é mais um capitulo da história da política de Itaporanga


sexta-feira, 22 de julho de 2016

Sertão: Empresário foragido da Polícia Federal acusado de desviar dinheiro público se entrega e ex-secretário da prefeitura continua foragido

Segundo o MPF, a Construarq ganhou duas licitações com suspeitas de favorecimento, em virtude de relações de parentesco

Empresário investigado pela Polícia Federal se entrega
O ex-secretário de Infraestrutura do Município de Princesa Isabel, no Sertão paraibano, Valmir Pereira de Sousa, continua foragido. A Justiça Federal expediu mandado de prisão preventiva contra ele, por ocasião da deflagração da Operação Cardeiro, na última terça-feira, 19 de julho.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF) em Monteiro (PB), Valmir teve a prisão decretada por envolvimento em desvio de recursos públicos e por atrapalhar as investigações da operação.
Já o empresário Sérgio Ricardo Ferreira de Melo Abrantes, proprietário da Construarq Empreendimentos e Construções LTDA, que estava com mandado de prisão preventiva em aberto, se entregou à Justiça na tarde desta quinta-feira, 21 de julho. Ele também é acusado de embaraçar as investigações.
Segundo o MPF, a Construarq ganhou duas licitações com suspeitas de favorecimento, em virtude de relações de parentesco entre Sérgio Ricardo e o atual secretário de Administração e ex-prefeito de Princesa Isabel, cassado pela Justiça Eleitoral em 2012, Thiago Pereira de Sousa Soares, cujo mandado de condução coercitiva ainda encontra-se em aberto. Os advogados de Thiago Pereira e de Francisco Eduardo Lopes de Abrantes, engenheiro da Construarq e pai de Sérgio Ricardo, informaram que ambos vão se apresentar na Delegacia de Polícia Federal (DPF) de Patos nesta sexta-feira, 22 de julho.
Operação Cardeiro – A Operação Cardeiro, cujo nome faz alusão a um cacto bastante comum na região do Sertão, foi deflagrada pelo Ministério Público Federal em Monteiro (PB), a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU), no dia 19 de julho, com o objetivo de desarticular quadrilha envolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e falsidade ideológica. O esquema era realizado na Prefeitura Municipal de Princesa Isabel. Estima-se em R$ 1 milhão a quantidade de verbas federais desviadas, oriundas do Ministério da Saúde.

Suspeito por terrorismo, preso na PB é levado para presídio do MS

Suspeito por terrorismo, preso na PB é levado para presídio do MS

A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (22) que os dez presos da Operação Hashtag, dentre eles o detido na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa, foram levados para o presídio federal de Campo Grande. A unidade é de segurança máxima e recebe presos de alta periculosidade. Os presos são suspeitos, segundo o Ministério da Justiça, de terem realizado “atos preparatórios” visando ações terroristas.

As prisões, realizadas a 15 dias da olimpíada, foram as primeiras no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que atua no Oriente Médio, mas tem cometido atentados em várias partes do mundo.

Segundo o ministério, alguns dos investigados na operação chegaram a fazer um juramento virtual ao grupo, no qual repetiam palavras de uma gravação, mas não tiveram contato com membros do Estado Islâmico. Para as autoridades brasileiras, os presos são uma “célula absolutamente amadora” e sem “nenhum preparo”.

O governo brasileiro não divulgou o nome dos presos. O G1 confirmou o nome de três deles: . Levi Ribeiro de Jesus, preso no Paraná; Vitor Magalhães, preso em São Paulo; e Oziris Moris Lundi dos Santos Azevedo, preso no Amazonas.

Outras três pessoas foram presas no estado de São Paulo. As restantes foram presas no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, no Ceará e na Paraíba.

Outras duas pessoastêm mandado de prisão, mas ainda não foram detidas pela polícia. Na quinta (21),  o governo informou que já rastreia esses suspeitos e deve prendê-los “em breve”.

Além das prisões, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em dez estados – São Paulo (8); Goiás (2); Amazonas (2); Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Minas Gerais e Mato Grosso (um em cada). Houve ainda duas conduções coercitivas, em São Paulo e Minas Gerais.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Em Itaporanga, médico atrasa atendimento em mais de 4h e revolta pacientes do serviço público



              Por Folha do Vale - Uma moradora do conjunto Chagas Soares, em Itaporanga, entrou em contato com a Folha por volta das 18h30 desta quarta-feira, 20, para denunciar que estava desde o meio-dia no Centro Médico Manoel Medeiros Maia, que é da Prefeitura, esperando uma consulta com um otorrinolaringologista para sua filha de apenas dois anos. O problema, segundo ela, é que o médico ainda não tinha comparecido para iniciar o atendimento, e as cerca de 32 pessoas, que pegaram fichas, estavam revoltadas com a demora do profissional.
             A mulher foi informada que o médico estava atendendo em uma clínica privada e só iria se dirigir ao Centro Médico quando terminasse a consulta de seus pacientes particulares, embora a consulta na unidade pública estivesse prevista para começar às 14h.  “E isso é um absurdo porque deixamos nossos afazeres domésticos pensando que seríamos atendidos cedo, mas infelizmente somos tratados como seres de quinta categoria”, desabafou a denunciante. Ela teme que, quando o médico chegar, “se é que ele vá chegar hoje”, outras pessoas que comparecerem após ela sejam atendidas primeiro ou o médico já não tenha condições físicas e emocionais de fazer uma consulta satisfatória no serviço público, depois de um intenso trabalho na clínica.  Um problema que recai sobre a Prefeitura, que é quem está pagando ao profissional.
           A moradora revelou que sua filha está com o ouvido "estourado" e a menina vem sofrendo muito com o problema auricular. Na mesma situação estavam outras crianças que buscavam atendimento, muitas das quais levadas por suas mães e pais de sítios e até de cidades circunvizinhas, conforme afirmou a mulher.  
           São muitas as queixas em desfavor da saúde pública de Itaporanga e região, razões pelas quais deveriam provocar uma investigação profunda do Ministério Público para saber as causas de tantos problemas, especialmente com relação a consultas especializadas, medicamentos e cirurgias. 

Fonte: Folha do Vale Online

MPF apura possível enriquecimento ilícito na realização do São João de Patos

saojoao-patos1Nesta quinta-feira (21), estão sendo ouvidas na sede do Ministério Público Federal (MPF), em Patos (PB), cinco pessoas envolvidas em investigação que apura possível enriquecimento ilícito na realização do São João de Patos. Além das oitivas, também estão sendo coletados documentos na sede da Prefeitura Municipal de Patos, nas sedes da empresa Área Badalada Eventos e em três residências de investigados, todas localizadas no município. A ação é realizada por integrantes do MPF, Ministério Público Estadual, Controladoria-Geral da União e Polícia Federal, que cumprem mandados expedidos pela 14ª Vara da Justiça Federal.
O objetivo da ação é coletar provas de esquema ilícito montado nas execuções do São João de Patos em 2014, 2015 e 2016, bem como de enriquecimento ilícito de investigados que se beneficiaram a partir de apropriação de recursos captados em patrocínios do evento.
Os fatos, apurados pelo MPF no Inquérito Civil nº 1.24.003.000131/2015-64, são derivados do encontro fortuito de provas que compõem o volume gigante de dados obtidos na Operação Desumanidade e foram compartilhados com as instâncias competentes para apurá-los, no caso, a primeira instância. São fatos laterais e sobre eles não há sigilo judicial referente à atuação da Justiça de primeiro grau, conforme ocorreu com ação de improbidade ajuizada recentemente, envolvendo gestores de municípios de Patos e São José de Espinharas.
De acordo com o que foi investigado até o momento, há fortes indícios que a Prefeitura de Patos contratou a empresa de eventos Área Badalada, de propriedade do filho do secretário de Agricultura do município, por meio de uma licitação direcionada.
Ao que tudo indica, a empresa foi utilizada para angariar recursos de patrocínio para custear o evento São João de Patos e várias outras atrações juninas a cargo do município. As irregularidades, segundo apontam as investigações, objetivaram não só executar o evento com recursos de empresas públicas federais e de particulares, mas também a apropriação dos valores de patrocínio, enriquecendo ilicitamente os investigados envolvidos.
Entre os principais patrocinadores do evento estaria a empresa Friboi, do grupo JBS, que teria desembolsado altos valores para bancar o São João de Patos 2015.
Estão sendo ouvidos Ilanna Araújo Motta, Meryclis D’Medeiros Batista, Wescley Barbosa Lima, Joseilson Felipe da Silva e Wadi de Andrade Barros.
Ilanna de Araújo Motta, conforme áudios de interceptação telefônica, como chefe de gabinete da Prefeitura de Patos, executou e participou das irregularidades no ano de 2015, inclusive quanto ao suposto repasse de recursos provenientes da Friboi à secretária de Finanças, Meryclis D’Medeiros.
Meryclis D’Medeiros, como secretária de Finanças do município e presidente da Comissão de São João de Patos, demonstrou participar diretamente da execução do evento no ano de 2015, conforme se verifica nos áudios interceptados. A secretária de Finanças, inclusive, possuía acesso à conta bancária da empresa Área Badalada, sabendo até os saldos bancários da empresa para o pagamento de itens do evento.
Wescley Barbosa Lima e Wadi de Andrade Barros são sócios da empresa Área Badalada. Wescley é, em tese, responsável pela administração da empresa. Já Wadi era proprietária da empresa Badalo Produções e Eventos (encerrada), firma já conhecida e processada pelo MPF em outro caso de ilicitudes relacionado a recursos públicos. Wadi de Andrade éesposa de Joseilson Felipe da Silva.
Joseilson Felipe da Silva é procurador da empresa Área Badalada e, conforme informações levantadas pelo MPF e informações bancárias da empresa, tudo indica que é proprietário de fato da empresa, executando pagamentos e, inclusive, passando cheques para pagamentos diversos do São João de Patos 2016.

Botafogo-PB empata com Ceará e chega às oitavas da Copa do Brasil

Botafogo-PB empata com Ceará e chega às oitavas da Copa do Brasil
O Botafogo-PB tem feito história na Copa do Brasil 2016. Nesta quarta-feira (20), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, mais um capítulo foi escrito. O Belo soube administrar o esfacelado Ceará por desfalques e confirmou sua classificação para as oitavas de final da competição. O empate sem gols foi o suficiente, já que no jogo de ida, no Almeidão, o time paraibano aplicou 3 a 0.
Sem o lateral esquerdo Jefferson Recife, suspenso, o técnico Itamar Schülle optou pelo lateral direto Ângelo, que fez a função sem comprometer. A distribuição tática foi a mesmo das partidas anteriores.
E a partida se desenhou a caráter do Belo, em um ritmo cadenciado. Sem a dupla de ataque titular, Rafael Costa e Bill, o Ceará não foi efetivo. Ao total foram seis desfalques, o que explica a pouca efetividade da equipe na partida. A não ser a cabeçada à queima-roupa de Robinho, que Michel Alves fez grande defesa, aos 13 minutos do segundo tempo, o goleiro do Belo pouco trabalhou. Alex Amado, aos 28 minutos, e Ricardinho, nos acréscimos, ainda acertam a trave. E só.
A enorme vantagem fez com que o time pessoense não se aventurasse tanto ao ataque, optando por se defender atrás da linha da bola e trocar passes no meio campo. Quando Carlinhos acionou Rodrigo Silva, o camisa 9 desperdiçou a melhor chance do Belo, aos 36 minutos da segunda etapa.
Os confrontos das oitavas de final são decididos em sorteio. Os brasileiros participantes da Taça Libertadores da América – Corinthians, Atlético-MG, Grêmio, São Paulo e Palmeiras -, além do Internacional, quinto colocado no Campeonato Brasileiro do ano passado, entram na disputa.
As oitavas de final da Copa do Brasil rende mais R$ 840 mil aos cofres do Botafogo-PB, que já acumula R$ 2,040 milhões desde a primeira fase.

Ficha técnica
Data-Horário: 20/07/2016, às 19h30
Competição: Copa do Brasil – 3ª fase
Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN)
Assistentes: Leandro Lincoln Santos Neves (RN) e Ruan Neres Souza de Queiros (RN)
Cartões amarelos: Rafinha (C); Djavan e Danielzinho (B)
Cartão vermelho: nenhum
CEARÁ: Éverson; Robinho, Sandro, Charles (Lucas) e Eduardo (Thomaz Bastos); Baraka, Ricardinho e Felipe; Serginho, Caio César (Alex Amado) e Rafinha. Técnico: Sérgio Soares.
BOTAFOGO-PB: Michel Alves; João Paulo, Plínio, Marcelo Xavier e Ângelo; Djavan, Sapé, Pedro Castro e Marcinho (Assis); Danielzinho (Carlinhos) e Rodrigo Silva. Técnico: Itamar Schülle.

Empresário pioneiro da Telexfree é torturado e morto

Um empresário foi encontrado morto em um matagal no município de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, na tarde de terça-feira (19). Dorian da Silva Santos foi localizado com as mãos amarradas e com marcas de tiros na cabeça, no povoado de Caetano, distrito de Humildes, que pertence à Feira de Santana.

Em entrevista ao G1, o titular da Delegacia de Homicídios, Fabrício Alencar, relatou que a vítima estava com amigos no centro de Feira de Santana, por volta das 15h, quando atendeu a uma ligação e depois “disse que iria sair para resolver algumas coisas”. Cerca de uma hora e 30 minutos depois, a polícia foi procurada com a informação de que ele foi encontrado morto no distrito que fica a cerca de 20 quilômetros do centro da cidade.
“Ele estava com as mãos amarradas com um fio preto, tipo de cabo de celular. Tinha alguns sinais de tortura, alguns hematomas no rosto. Espancaram antes de matar”, detalhou o delegado. Fabrício Alencar acrescenta que a polícia chegou ao local do crime após relatos de moradores do povoado que escutaram tiros.
“Eles estranharam a chegada de um carro, já que é um lugar que não costuma ter tráfego de veículos. Depois ouviram alguns disparos”, contou Fabrício Alencar. Quase sete horas após a localização do corpo, o celular da vítima foi encontrado às margens da BR-324, sentido Feira de Santana. O equipamento foi encaminhado para perícia.
Segundo o delegado, ainda não há informações sobre a autoria e motivação do homicídio. Ele destaca que Dorian da Silva era provável candidato à prefeitura de Serra Preta, a 65 quilômetros de Feira de Santana, e é conhecido na região por ter sido um dos primeiros representantes no estado da Telexfree, empresa que é investigada desde 2013, quando foi acusada pelo Ministério Público do Acre de realizar um esquema de pirâmide financeira sob o disfarce de empresa de marketing multinível. As atividades da empresa foram bloqueadas em 2013.

STF pode vetar suspensão do Whatsapp por juízes no Brasil

Uma decisão de caráter geral do STF (Supremo Tribunal Federal) ou nova lei aprovada pelo Congresso poderiam pôr fim às decisões judiciais que, desde o ano passado, têm suspendido temporariamente o Whatsapp.CALA A BOCA, ZAP ZAP!
Nesta terça-feira (19), o ministro Ricardo Lewandowski derrubou decisão da juíza Daniela Barbosa de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias (RJ), que bloqueava o aplicativo. É a terceira vez que decisões de primeira instância do tipo são anuladas por órgãos superiores antes que o prazo de suspensão chegue ao fim.
O advogado Rennan Thamay, professor da Escola Brasileira de Direito, acredita que, com a decisão do ministro, o Supremo já esteja dando indícios de que considera que a medida tomada pelas Varas é equivocada.
— Os juízes de instâncias inferiores têm de observar as decisões das cortes superiores. Por isso, o fato de medidas do tipo terem sido derrubadas por mais de uma vez já tem o efeito de inibir que ordens similares sejam dadas futuramente.
O professor diz alinhar-se com a decisão do Supremo, que considera que bloqueios do tipo desrespeitem direitos fundamentais.
— Na minha visão, essas medidas não parecem razoáveis.
Para que o veto à derrubada do Whatsapp se torne definitivo, porém, seria necessário que o plenário do STF tomasse uma decisão de caráter mais amplo. O advogado Coriolano Camargo, presidente do Conselho de Direito Digital da OAB-SP, afirma que isso poderia ocorrer por iniciativa do ministro que julga um pedido particular.
— O ministro pode considerar que seja o caso de se tomar uma decisão de repercussão geral. E, com isso, levar a questão para o colegiado.
Camargo, no entanto, acredita que é preciso cautela.
— O problema é que uma decisão de repercussão geral engessa, de certa forma, o Judiciário. Suponhamos que, futuramente, terroristas estejam tramando um ataque via Whatsapp. Ou que ciberterroristas estejam propagando um vírus que possa causar um grande bug por meio do aplicativo. Não seria o caso de bloqueá-lo? Então, caso o STF venha a tomar uma decisão mais ampla, deve haver ressalvas.
Embora considere que, em alguns casos, o bloqueio do Whatsapp possa ser necessário, o advogado afirma que, na maioria dos casos, ele deve ser evitado.
— Temos de nos perguntar, sem hipocrisia, se a sociedade hoje não depende do Whatsapp como meio de comunicação. Se o aplicativo não tem servido para importantes comunicações entre médicos, entre juízes, entre diversos setores profissionais? Creio que a resposta seja sim.
Já a advogada Cristina Moraes Sleiman, especialista em Direito Digital, acredita que o bloqueio possa ser usado pela Justiça como último recurso para fazer com que o Whatsapp cumpram decisões judiciais.
 — O Facebook e o Whatsapp têm descumprido reiteradamente decisões judiciais. E a Justiça não pode ficar de mãos atadas: deve ter meios para fazer com que a empresa cumpra as ordens. A suspensão é uma desses meios. Não creio que o Whatsapp tenha um papel essencial a ponto de sua suspensão desrespeitar direitos fundamentais.
Cristina acredita que, para evitar bloqueios futuros, a empresa tem condições de se adequar à legislação.
— Ao não atender às solicitações feitas pela Justiça, a empresa tem alegado que, tecnicamente, é impossível extrair os dados pedidos. Mas essa impossibilidade depende essencialmente da forma como o aplicativo foi programado. Se a programação for alterada, a empresa conseguirá, ao no futuro, atender pedidos semelhantes.
Congresso
Na Câmara, o deputado Arthur Maia (PPS-BA) é autor de projeto de lei que proíbe de maneira ampla a punição de empresas que operam concessões públicas por meio da suspensão de serviços. Como alternativa, o texto sugere que as empresas sejam punidas com multa.
A proposta valeria para setores como o fornecimento de energia elétrica, transporte e comunicação, que é o caso do WhatsApp.
Nesta terça-feira (19), após a nova determinação de bloqueio, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se comprometeu a acelerar a tramitação do projeto.
A ideia é votar a urgência do projeto e levar a matéria, que tramita atualmente na Comissão de Tecnologia e Inovação, direto para o plenário.
Além disso, no Senado, outro parlamentar do PPS, José Medeiros (MT) também é autor de um projeto com o objetivo de impedir o bloqueio do WhatsApp. Mais restrita, a proposta de Medeiros se limita a aplicações de internet.
Ele sugere que as sanções considerem a gravidade da infração da empresa, os danos que a suspensão dos serviços podem causar aos usuários, além de agravantes e antecedentes do infrator. O projeto tramita na Comissão de Tecnologia e Inovação do Senado e tem como relator o líder do governo, Aloysio Nunes (PSDB-SP).
Ministro da Justiça
Além da movimentação no Congresso, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, afirmou que o governo elabora um projeto para garantir que a empresa detentora de informações que interessa ao combate ao crime organizado tenha sede no País. Para ele, essa medida pode auxiliar no diálogo com as empresas e impedir que novos bloqueios de serviços de telecomunicações aconteçam.
Fonte : R7 e Estadão

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Diamante pode ser a única cidade do vale a ter chapa formada por duas mulheres;


A política na cidade de Diamante, sempre sai na frente quando se trata do diferencial das demais que compõem a sua microrregião, no Sertão da Paraíba.
Nas eleições de 2012, duas mulheres se enfrentaram nas urnas, ficando o município sendo o único do Vale, a ter duas mulheres disputando a vaga do executivo local, a época, Marcília Mangueira (vitoriosa) e Carmelita de Odoniel.
Esse ano, outra novidade: Diamante poderá ser a única da região a ter uma chapa formada por duas mulheres. Carmelita de Odoniel e Clarice Mello, PSDB e PTB respectivamente.
Em contato com o DOL, Carmelita disse que sua pré-campanha foi inteiramente voltada ao dialogo com a população de Diamante. “Visitamos a maior parte das comunidades rurais do município buscando construir um projeto voltado as reais necessidades do povo. Na cidade, estamos reunindo grupos de pessoas para dialogar e esse ponto tem sido muito positivo”, comenta.
Carmelita, esposa do Médico Odoniel  Mangueira, já foi Primeira Dama por três mandatos na cidade de Diamante. 
A cada dia, a inserção da mulher na política brasileira tem sido grandiosa. Dos 18 municípios do Vale do Piancó pelo menos 5 já são “comandados” por mulheres.  

Mulher atira contra grupo que fazia caminhada na BR-426

santana
Com sintomas de embriaguez alcoólica e armada com um revólver, uma mulher de 51 anos por pouco não provou uma tragédia no final da tarde desta terça-feira, 19, na cidade de Santana dos Garrotes, no Sertão paraibano. Ela disparou em direção um grupo de pessoas que fazia na caminha na pista: os tiros não acertaram ninguém, mas deixaram as vítimas apavoradas.
Segundo informações policiais, as pessoas faziam caminhada na pista da BR-426, na saída da cidade, quando avistaram a mulher a 50 metros de distância. Ela estava armada e começou a disparar contra o grupo, que ficou em pânico, mas conseguiu se proteger dos tiros.
Policiais militares foram acionados e prenderam a mulher e apreenderam a arma, um revólver calibre 32 com três munições deflagradas.
A acusada foi conduzida à delegacia de Piancó, onde será autuada em flagrante pelo delegado José Pereira.
Ela reside no assentamento Juazeiro, onde ficam os sem-terra, no município de Olho D’água, e a informação inicial é que estaria na casa de parentes em Santana. Os primeiros levantamentos da polícia indicam que a mulher não tem inimizade com nenhuma das pessoas alvo dos disparos, e teria efetuado os tiros em função de um desequilíbrio emocional motivado pela embriaguez.
MaisPB (Reprodução autorizada Folha do Vali)

Justiça determina afastamento de prefeita de cidade do Sertão da PB

A prefeita de Joca Claudino, no Sertão paraibano, Lucrécia Adriana Andrade, foi afastada do cargo na manhã desta quarta-feira (20) pela Justiça Federal a pedido do Ministério Público Federal. Ela é investigada na Operação Andaime, que apura desvios de recursos públicos e fraudes em licitações de várias cidades da Paraíba.
O G1 entrou em contato com o procurador municipal de Joca Claudino, Helerson Almeida, para saber a posição da prefeita a respeito do afastamento, mas as ligações não foram atendidas até as 9h40.
A ação desta quarta-feira é um desdobramento da 3° fase da Andaime, quando a prefeita de Monte Horebe, Cláudia Dias, foi presa. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), sete mandados de busca e apreensão foram expedidos para serem cumpridos nos municípios de Joca Claudino, Sousa e Cajazeiras em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal (PF).

A primeira etapa da Andaime aconteceu no dia 26 de junho de 2015 e cumpriu três mandados de prisão preventiva, sete de prisão temporária, quatro de condução coercitiva, 18 de busca e apreensão e 15 medidas de sequestro de bens. Durante a operação, também foram apreendidos dinheiro, armas, celulares e veículos.
Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Controladoria Geral da União (CGU) e Polícia Federal, foi desarticulada uma organização criminosa especializada em fraudar licitações em 16 prefeituras do Sertão.
Segundo os órgãos envolvidos na operação, o esquema era centrado em duas empresas fantasmas. A partir dessas duas empresas, se os suspeitos eram organizados em núcleos regionais nos municípios que realizavam as obras públicas supostamente em nome dessas empresas, mas que usavam notas fiscais frias para mascarar desvios de dinheiro público.
Já em dezembro de 2015, o MPF deflagrou a segunda fase da operação. Dois empresários foram presos e duas pessoas conduzidas coercitivamente para darem depoimentos. Eles são suspeitos de participação em fraudes que envolvem duas empresas fantasmas que venceram 177 licitações de obras na Paraíba, movimentando mais de R$ 18 milhões em recursos públicos.

Governo federal diz que transposição será entregue até o fim de 2016

Apesar das dúvidas que ainda pairam sobre a transposição do Rio São Francisco, o governo federal garante para o fim deste deste ano a entrega da obra. Prejudicada, entre outras razões, pela transição entre Dilma e Michel Temer e pelo afastamento de algumas construtoras que tiveram seus nomes citados na Operação Lava Jato, o projeto vai beneficiar o Ceará e outros estado do Nordeste. Procurado pelo O POVO, o Ministério da Integração Nacional informou trabalhar com a previsão para o próximo mês de dezembro.
2015-822525243-saofrancisco.jpg_20150605
Dono de custo inicial orçado em mais de R$ 8 bilhões e recente recebimento adicional por parte do Governo do Estado de mais de R$ 600 mil, o projeto, no qual devem ser aportados em breve R$ 10 bilhões para recuperação de nascentes e áreas degradadas, segue na dependência do atual ritmo das atividades para ser entregue. Com 87,4% de execução física (88,7% no Eixo Norte e 85,4% no Eixo Leste) e, segundo o Ministério da Integração (MI), suas equipes técnicas controlando as obras, o projeto tem orçamento acompanhado pelo Ministério da Integração, Tribunal de Contas da União (TCU) e Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC), antiga Controladoria-Geral da União, (CGU).
Objetivo da transposição do Rio São Francisco
Projeto de deslocamento de parte das águas do Rio São Francisco para beneficiar regiões críticas do semiárido, a transposição consiste na integração do Rio a rios temporários da região por meio de canais artificiais – de acordo com o Ministério do Planejamento, eles totalizam mais de 450 km, 260 no eixo norte e 217 no leste. Ambos saem do Rio nas proximidades de Cabrobró (PE).
Cerca de 400 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Rio Grande do Norte e do Ceará terão suas situações amenizadas com a finalização da obra e pleno funcionamento.
Dentro do programa “Novo Chico”, de acordo com informações do Ministério do Planejamento, está reservada verba para a gestão e fiscalização ambiental, recuperação de unidades de conservação e educação socioambiental.
Fonte: Kelly Hekally O POVO online

Municípios da PB recebem R$ 24,4 milhões de FPM nesta quarta-feira

FPM

Os municípios da Paraíba recebem nesta quarta-feira (20) o montante de R$ 24.453.163,01 referente ao segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de julho. Catorze cidades do estado não devem receber a quantia por conta de atraso no pagamento do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) ou por possuir dívidas com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).
O valor representa um aumento de apenas R$ 88.018,10 em relação ao mesmo período do ano passado, quando o repasse foi de R$ 24.365.144,92.
De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), 137 municípios do estado irão receber a quantia de R$ 65.209,69; 25 terão um incremento em suas receitas de R$ 130.419,39; um município terá seus cofres abastecidos em R$ 791.853,12.
Em comparação com o segundo decêndio de julho de 2015, a atual parcela teve um crescimento de 8,15% em termos nominais, ou seja, desconsiderados os efeitos da inflação.
O repasse do segundo decêndio de julho foi maior em 30,9% que o da previsão enviada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no dia 15 de julho.
Para o mês de julho, espera-se uma queda de 10,6%. Quanto aos próximos meses, a previsão revista pela STN é de crescimento de 9,3% em agosto e uma queda de 4,9% em setembro, sempre em relação ao mesmo período de 2015.

Partidos podem realizar convenções a partir de hoje e direito de resposta passa a ser assegurado

eleicoes2016

A partir desta quarta-feira (20) será iniciado o período para a realização das convenções partidárias que irão referendar os nomes dos candidatos a prefeito e vereador. Em João Pessoa, o primeiro partido a fazer convenção será o PSOL, que terá como candidato a prefeito Victor Hugo. A vice dele será Rama Dantas  (PSTU).
Além das convenções, fica  assegurado o exercício do direito de resposta ao candidato, ao partido político ou à coligação atingidos, ainda que de forma indireta, por conceito, imagem ou afirmação caluniosa, difamatória, injuriosa ou sabidamente inverídica, difundidos por qualquer veículo de comunicação social.
Os partidos políticos que marcaram as convenções para hoje já poderão firmar contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física e virtual de comitês de candidatos e de partidos políticos, desde que só haja o efetivo desembolso financeiro após a obtenção do número de registro de CNPJ do candidato e a abertura de conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e emissão de recibos eleitorais.
A realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral passa a ser vedada a partir de hoje.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Justiça do Rio determina bloqueio so WhatSapp no Brasil

Uma juíza do Rio de Janeiro determinou nesta terça-feira (19) o bloqueio do WhatsApp no Brasil de modo imediato. O motivo, assim como aconteceu em outras oportunidades no Brasil, envolve o fato de o aplicativo não compartilhar informações sobre investigações criminais.

A decisão é da juíza Daniela Barbosa de Souza, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias.

"A ordem judicial não foi cumprida, apesar de reiterada por três vezes, ensejando, assim, a adoção das medidas coercitivas determinadas por este juízo", diz Souza na decisão, que determina o veto imediato à ferramenta. A ordem foi enviada às operadoras de telefonia.

A magistrada diz que, antes de tomar a decisão, já havia pedido que a companhia quebrasse o sigilo de mensagens trocadas no app, sob pena de multa diária no valor de R$ 50 mil.

O WhatsApp argumenta que já não guardava informações sobre o conteúdo das conversas. E que em abril terminou de implementar a criptografia "end-to-end" (no qual apenas as pessoas na conversa podem ler as mensagens). Com isso, afirma, é impossível divulgar os dados.

Desta vez, ao contrário de pedidos anteriores de outros juízes, Souza pediu mensagens passadas. Ela quer que o aplicativo desabilite a criptografia do aplicativo para que o fluxo de mensagens seja enviado em tempo real para os investigadores, "na forma que se dá com a interceptação de conversações telefônicas".

Procurado, o WhatsApp não se pronunciou sobre o assunto. Vivo, Tim, Oi e Claro também não se manifestaram.

Edson Levy, presidente do Sinditelebrasil, sindicato que representa as operadoras de telefonia, disse que as empresas devem bloquear o aplicativo assim que receberem a notificação judicial, como ocorreu em outras ocasiões.

"Isso atrapalha a operação, pois, as empresas têm que destinar uma mão-de-obra para o bloqueio e desbloqueio da plataforma. Mas, é uma decisão que tem que ser cumprida", disse Levy.

Em maio deste ano, uma decisão da Justiça de Sergipe determinou que oWhatsapp ficasse fora do ar por 72 horas. O processo que culminou na decisão do juiz Marcel Montalvão é o mesmo que justificou, em março, aprisão de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook, empresa dona do app, para a América Latina. O magistrado quer que a companhia repasse informações sobre uma quadrilha interestadual de drogas para uma investigação da Polícia Federal, o que a companhia se nega a fazer.

As cinco operadoras —TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel— decidiram acatar a decisão judicial. Em caso de descumprimento, estariam sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.

Para o presidente da Anatel, João Rezende, o bloqueio do Whatsapp foi uma "decisão desproporcional porque acaba punindo todos os usuários".

Para ele, o "WhatsApp deve cumprir as determinações judiciais dentro das condições técnicas que ele tem. Mas, evidentemente, o bloqueio não é a solução".

Apesar de as teles e o aplicativo travarem uma disputa comercial, o bloqueio é um transtorno para as operadoras. O WhatsApp funciona com mudança de registro de computadores e isso torna o trabalho de bloqueio bastante complicado para as teles, que podem ser punidas caso não consigam implementar o bloqueio plenamente.

Da última vez, a Claro foi uma das operadoras que reclamou de que o WhatsApp se valia desta particularidade técnica do serviço para furar o bloqueio intencionalmente. O aplicativo teria mudado rapidamente os registros para dificultar o bloqueio.

HISTÓRICO

Em dezembro do ano passado, o WhatsApp havia sido bloqueado no Brasil por 48 horas devido a uma investigação criminal. Na ocasião, as teles receberam a determinação judicial com surpresa, mas a decisão não durou 48 horas.

O bloqueio foi uma represália da Justiça contra o WhatsApp por ter se recusado a cumprir determinação de quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais. O aplicativo pertence ao Facebook.

Em fevereiro, um caso parecido ocorreu no Piauí, quando um juiz também determinou o bloqueio do WhatsApp no Brasil. O objetivo era forçar a empresa dona do aplicativo a colaborar com investigações da polícia do Estado relacionadas a casos de pedofilia.

A decisão foi suspensa por um desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí após analisar mandado de segurança impetrado pelas teles.

Em Piancó, PM prende acusado de roubos

Em Piancó, PM prende acusado de roubos
A polícia militar de Piancó prendeu na manhã desta segunda-feira, por volta das 11:30H, José Alisson Belo, 18 anos de idade, além de apreender dois menores, B.C.S, 15 anos de idade e J.A.S, ambos com 15 anos de idade.
O trio é acusado de roubar duas granjas localizadas na cidade de Piancó. Com eles foram encontrados um motor-bomba, um aparelho de som portátil, dois botijões de gás de cozinha, além de dezenas de galinhas.
Os proprietários das granjas Francisco de Sales Gonçalves Leite e Francisco Neudo Cazé. Foram a delegacia e reconheceram os objetos roubados.
Segundo informações da PM, os roubos ocorreram na noite de sexta-feira(15) e na noite deste domingo(17). Após a prisão os acusados foram levados para a delegacia de polícia civil de Piancó. Na delegacia de polícia civil de Piancó o menor B.C.S. discutiu e ameaçou José Alisson Belo.
A prisão foi comanda pela equipe do Sargento F. Passos, do Sargento Pereira, Cabo Fransilherberth e do Soldado M. Souza e contou com o apoio de policiais militares da Força Tática.






Vale News PB

ANA deixa 176 famílias sem águas às margens da Barragem de Coremas

ANA deixa 176 famílias sem águas às margens da Barragem de Coremas
A comunidade do Sítio Mãe D’água, Município de Coremas estar organizando um manifesto denominado SOS MÃE D’ÁGUA, incluindo Ação Popular contra a decisão da ANA – Agência Nacional das Águas que bloqueio os barriletes por onde 176 famílias tinham acesso a água potável para o consumo humano, e agora não terão mais.

Wesley Gabrielli de Souza, coordenador de marcos regulatórios e alocação de águas da ANA, reconheceu a necessidade de paralisar urgentemente a captação de água de Coremas, em decorrência das características da estrutura de tomada d’água, aproximadamente dois meses antes do que se pensava. O cenário hídrico, considerado de extrema criticidade foi apresentado durante reunião extraordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, em Pombal (PB) na última sexta-feira (15).

A CAGEPA anunciou que vai construir três caixas de água para que a comunidade possa ter acesso água em balde na comunidade.

Na manhã do sábado (16), 200 pessoas se reuniram na comunidade, discutiram o assunto que é por demais grave, e decidiram organizar um manifesto denominado SOS MÃE D’ÁGUA, e nesta segunda-feira (18), ingressarem com uma ação junto ao Ministério Público pedindo providências sobre o assunto.

As 176 da Comunidade de Mãe D’água tomaram conhecimento que a ANA está liberando para o Rio Grande do Norte. A CAERN veio a Coremas neste sábado para fazer avaliação para em seguida tampar os barriletes de água para aumentar a vasão do Rio Piranhas em 1.500 litros por segundos que vai com destino ao Rio Grande do Norte.

Os Moradores de Coremas estão revoltados, por que vão passar sede vendo a água, mas não poderão pegar para o consumo humano.

O Açude de Coremas, o maior da Paraíba se encontra com menos de 10% de sua capacidade hídrica, sem contar que abastece mais de 40 municípios no Sertão da Paraíba.

Os moradores da Comunidade de Mãe D’água se preparam para enfrentar o problema na justiça, por que não podem morar as margens da Barragem e morrer de sede, avaliam.

Operação desarticula quadrilha na prefeitura de Princesa Isabel

mpf
O Ministério Público Federal da Paraíba (MPF/PB), em Monteiro; a Polícia Federal; e a Controladoria Geral da União (CGU); deflagraram, na manhã desta terça-feira, 19, a Operação Cardeiro, para desarticular quadrilha envolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e falsidade ideológica. O esquema era realizado na Prefeitura Municipal de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba. Estima-se em R$ 1 milhão a quantidade de verbas federais desviadas, oriundas do Ministério da Saúde.
A operação ocorre nos estados da Paraíba e Pernambuco, nas cidades de João Pessoa, Princesa Isabel (PB), Salgueiro e Pesqueira (PE). Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva (secretário municipal de Infraestrutura e empresário), sete mandados de condução coercitiva (três engenheiros, três membros da Comissão Permanente de Licitação – CPL e secretário de Administração), 10 mandados de busca e apreensão, três afastamentos cautelares de funções públicas dos membros da CPL, além de medidas de sequestro de bens, todos expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal em Monteiro (PB).
Participam da operação 48 policiais federais, entre delegados e agentes, além de três auditores da CGU e um procurador da República.
Todo o material apreendido e os envolvidos estão sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal (DPF) da cidade de Patos, no Sertão da Paraíba. A partir das 10h00 será concedida uma entrevista coletiva, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Patos, para dar detalhes da investigação e  fazer um balanço da operação.
Entenda o caso
 A investigação, iniciada pelo MPF em Monteiro em julho de 2014, a partir de denúncia da 11ª Gerência Regional de Saúde em Princesa Isabel, da Secretaria Estadual de Saúde (SES), e embasada em relatórios de auditoria da CGU, constatou que a empresa Construarq Empreendimentos e Construções LTDA ganhou duas licitações com suspeitas de favorecimento, em virtude de relações de parentesco entre os proprietários da empresa e o atual secretário de Administração e ex-prefeito de Princesa Isabel, cassado pela Justiça Eleitoral em 2012. Ao fiscalizar a construção de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 1 Centro Especializado em Reabilitação, orçados em cerca de R$ 5 milhões, constatou-se desvio de aproximadamente R$ 1 milhão. Um dos sócios da Construarq chegou a sacar R$ 141 mil em espécie, dez dias após assinatura do contrato das UBS.
Operação Cardeiro – O nome da operação faz alusão a um cacto bastante comum no Sertão. O vegetal é resistente à seca, assim como a corrupção insiste em perseverar na região, precisando ser combatida com intensidade.

Para ajudar Ricos, Caixa vai financiar imóveis de até R$ 3 milhões

caixa-imoveis

A partir da próxima segunda-feira (25), os mutuários da Caixa Econômica Federal poderão financiar imóveis de até R$ 3 milhões, o dobro do limite de financiamento em vigor até agora, de R$ 1,5 milhão.
A mudança foi anunciada hoje (18) pela instituição financeira e afeta somente operações de crédito do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). Essa modalidade de crédito financia imóveis mais caros, sem emprestar dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
Além de aumentar o limite de crédito, a Caixa anunciou que passará a financiar uma parcela maior do valor dos imóveis por meio do SFI. A cota de financiamento para imóveis usados subiu de 60% para 70% do valor total. Para a compra de imóvel novo, construção em terreno próprio, aquisição de terrenos e reforma ou ampliação, a cota passou de 70% para 80%.
Nas operações contratadas com interveniente quitante, nas quais haverá quitação de financiamento com outra instituição financeira, a cota de financiamento subirá de 50% para 70%. Até o início do ano passado, a Caixa financiava 70% dos imóveis adquiridos pelo SFI. O teto caiu para 40% em maio de 2015 e tinha sido reajustado para 60% em março deste ano.
Perfil
Em nota, o banco confirmou que estuda a personalização dos juros e das cotas de financiamento conforme o perfil do cliente, mas esclareceu que esse modelo ainda não tem data para entrar em vigor. “A Caixa esclarece que o novo modelo de concessão de crédito, que levará em consideração aspectos de perfil do cliente como rating ou menor quota de financiamento, ainda está em estudo e não tem previsão de data de lançamento”, destacou a instituição financeira.
As mudanças de hoje não afetam as operações do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que financia a compra de imóveis de até R$ 750 mil em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Distrito Federal e de até R$ 650 mil nas demais localidades do país. O SFH financia imóveis com recursos da poupança e do FGTS. O SFI financia unidades de maior valor, com recursos de fundos de pensão, fundos de renda fixa, companhias seguradoras e bancos de investimento.

Aluno de escola pública do Sertão é aprovado em 1º lugar e vai estudar no Canadá. VEJA!


Estudante comemora aprovação no intercâmbio
Um estudante de 15 anos da cidade de Várzea, no Sertão da Paraíba, foi aprovado em primeiro lugar para fazer intercâmbio no Canadá. José Venâncio mora no Sítio São Jorge e cursa o segundo ano do Ensino Médio na Escola Municipal Odilon de Figueiredo. Ele, que se divide entre os estudos e os cuidados com os animais, para ajudar a renda da família, concorreu à viagem pelo projeto Giramundo, realizado nas regionais de ensino do Estado.
“Eu não imaginava que ficaria em primeiro lugar, mas quando eu vi o [arquivo] PDF, eu saí pulando pela casa, com meu pai, minha mãe, os três chorando de alegria. Meu pai ligou para todo mundo, mãe também”, contou José Venâncio.
Para ter a chance de viajar, são levadas em conta as notas de três disciplinas, além do inglês. José passou quatro meses estudando o idioma sozinho em casa, por meio de um site gratuito de ensino na internet. Aprovado com 155 pontos na avaliação do idioma, de 180 possíveis, ele viaja em agosto para passar cinco meses no país da América do Norte.
“Eu nem consigo acreditar praticamente porque é uma experiência nunca vista aqui, pelo menos em Várzea. É um feito inédito”, disse o estudante.

Jornalista da Rede Globo assaltada durante entrevista desabafa e critica ‘postura’ da imprensa paraibana

Repórter teve celular roubando quando fazia matéria em Campina Grande (imagem: reprodução TV Paraíba)
A jornalista Larissa Fernandes, da TV Paraíba, afiliada da Rede Globo na Paraíba, que teve celular roubado quando fazia matéria sobre a insegurança em Campina Grande, comentou, nesta segunda-feira (18), sobre o drama vivido e lamentou a postura de alguns comunicadores que deram a entender de foi feito sensacionalismo com o caso ocorrido na última quarta-feira (13).
“A nossa indignação no ar não foi em busca de holofotes, nem pra questionar o fato de uma repórter ser assaltada até porque não me sinto diferente de ninguém, apenas não imaginei que algum bandido teria a coragem de me furtar estando com câmera e microfone ligados, e com a polícia a poucos metros de distância”, destacou.
Larissa Fernandes também falou o que sentiu ao passar por uma situação que acontece com muitas pessoas no dia-a-dia.
“Quem acompanhou a reportagem viu como tudo aconteceu e pôde observar o meu desespero na hora. Vivenciei aquilo que tantas pessoas me relatam diariamente. Eu já tinha ouvido falar o quanto é ruim ser roubada, mas pude sentir essa sensação de impotência diante de uma violência que parece não ter mais controle na nossa cidade”, relatou.
Larissa disse ainda que após o fato, que repercutiu nacionalmente, foi “bombardeada por mensagens e ligações” e virou assunto nas redes sociais. Ela mostrou indignação com o desdenho que o assunto chegou a ser tratado
“Teve gente que sorriu, como se fosse a coisa mais natural do mundo passar por isso. Teve quem disse que a culpa do furto foi minha por usar o celular no meio da rua. Acredite! Mas, tem se tornado comum esse tipo de posicionamento onde a vítima se torna ré, infelizmente”, respostou.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Crianças são proibidas de frequentar a igreja na China

O Partido Comunista da China vem demonstrando que está disposto a impedir o avanço do cristianismo, que continua tendo um crescimento significativo. A denúncia da Missão China Aid, reportada pelo Christian Today, é que qualquer pessoa que levar uma criança para a igreja poderá ser processada.

Os membros das Igrejas na província central de Guizhou foram ameaçados por funcionários do governo que seus filhos não podem mais assistir aos cultos. Caso desobedeçam, no futuro não seriam autorizados a frequentar a faculdade ou a academia militar.

Nas últimas semanas, os cristãos foram impedidos de participar dos cultos de domingo. O pastor Mou, que lidera uma Igreja independente na cidade de Huaqiu, explica que as novas regras foram enviadas a todas as escolas. “Eles pretendem nos ‘purificar’ e querem que nos mudemos para a Igreja das Três Autonomias [controlada pelo governo]”, explicou.

A legislação chinesa proíbe que crianças menores de 18 anos recebam qualquer tipo de educação religiosa, uma prática histórica nos regimes comunistas. Com as mudanças na economia e na sociedade chinesa nas últimas décadas, o controle havia abrandado. Contudo, desde que Xi Jimping assumiu o poder, a perseguição religiosa ficou sete vezes maior.

Acirra-se a perseguição
Segundo relatórios da missão China Aid, desde 2008 é possível ver um aumento constante nos casos de prisões de líderes, fechamento e demolições de templos. De fato, as comunidades religiosas na China vivem o mais intenso ano de perseguição desde a Revolução Cultural (1966-1976), quando o país passou a adotar o sistema comunista.

Nos tempos de Mao Tsé-tung, o ateísmo foi um dos pilares para o estabelecimento da República Popular da China. Contudo, sua tentativa de exterminar toda forma de religião no país fracassou.

Ao longo das décadas seguintes, houve uma tentativa do Estado de assumir o controle das igrejas do país. A questão religiosa passou para segundo plano, enquanto o país mais populoso do mundo passava por profundas mudanças sociais e econômicas. Na década de 1970, Pequim anunciou que desistiria de tentar erradicar a religião organizada.

Com a ascensão do presidente, Xi Jinping, o discurso mudou. Segundo ele mesmo, a “gestão da religião é, em essência, a gestão das massas”. Atualmente, o país está entre os que mais perseguem os cristãos no mundo, segundo a missão Portas Abertas.

Estima-se que 90% das cruzes de igrejas consideradas “não oficiais” tenham sido retiradas à força. Pastores e os advogados que se opunham a campanha foram presos sob a acusação amplamente considerado como inventado pelas autoridades.

Temer faz vídeo sobre Fies sem citar mudança na forma de pagamento



Usando pela segunda vez a estratégia de comunicação de gravar vídeos para emplacar ações positivas do governo interino, o presidente em exercício, Michel Temer, divulgou nesta sexta-feira, 15, um comentário seu a respeito do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem citar a mudança na forma de pagamentos de taxas do programa, conforme Medida Provisória 741, publicada noDiário Oficial.
Assim como fez aos beneficiários do Bolsa Família, Temer novamente “se apresentou” àqueles que desejam ingressar no ensino superior e destacou um anúncio feito no dia 16 de junho, quando o governo federal comunicou a abertura de 75 mil vagas para o Fies.
“Eu sou Michel Temer e estou falando aqui da presidência da República para dar, penso seu, uma boa notícia para você, especialmente para aqueles que pensam em ingressar nas universidades e não tem condições, muitas vezes, de pagar a universidade”, disse o presidente em exercício. “Nesses últimos dias nós criamos mais 75 mil vagas para essas bolsas do Fies, portanto, você que quer frequentar uma universidade e talvez não tenha condições neste momento de fazer o pagamento, saiba que ao seu lado está o governo”, completou o presidente em sua fala.
A MP 741, publicada nesta sexta-feira, modifica a Lei do Fies, de 2001, e estabelece uma nova forma de remuneração dos bancos que prestam serviços ao governo relacionados ao programa. Agora, as despesas do Fies que eram cobertas diretamente pelo governo passarão a ser custeadas pelas instituições de ensino. Segundo a MP, essa remuneração será mensal e corresponderá a 2% do valor dos encargos educacionais liberados às empresas. 
Conteúdo Estadão

Lula tem 22%, Marina 17% e Aécio 14%, aponta Datafolha

Lula tem 22%, Marina 17% e Aécio 14%, aponta Datafolha

Nova pesquisa Datafolha sobre intenção de voto indica que o ex-presidente Lula lidera o primeiro turno da disputa para presidente nas eleições de 2018.

Num cenário onde a disputa fica entre Lula, Marina (Rede) e o senador Aécio Neves (PSDB), o petista lidera com 22%, Marina fica em segundo com 17% e o tucano teria 14%.

Nesse caso, Jair Bolsonaro (PSC) teria 7%, Ciro Gomes (PDT) 5%, Michel Temer (PMDB) 5%, Luciana Genro (PSOL) 2% e Ronaldo Caiado (DEM) e Eduardo Jorge (PV) teriam 1% cada um.

De acordo com o Datafolha, o ex-presidente Lula não conseguiria vencer num possível segundo turno a ex-senadora Marina Silva (Rede) ou o ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB).

A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de julho e entrevistou 2.792 pessoas em 171 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

Veja os resultados da pesquisa Datafolha sobre intenção de voto para presidente em 2018:

Presidência 2018 1º TurnoCenário 1 – com AécioDisputam: Lula, Marina, Aécio, Bolsonaro, Ciro– Lula 22%– Marina 17%– Aécio 14%– Bolsonaro 7%– Ciro 5%– Brancos e nulos 18%– Não opinaram  7%

Cenário 2 – com AlckminDisputam: Lula, Marina, Alckmin, Bolsonaro e Ciro– Lula: 23%– Marina: 18%– Alckmin: 8%– Bolsonaro: 8%– Ciro: 6%– Brancos e nulos: 20%– Não opinaram: 7%
Cenário 3 – com SerraDisputam: Lula, Marina, Serra, Bolsonaro e Ciro– Lula: 23%– Marina: 17%– Serra: 11%– Bolsonaro: 7%– Ciro: 6%– Brancos e nulos: 19%– Não opinaram: 7%

Cenário 4: com Aécio, Serra e Alckmin e Sérgio MoroDisputam: Lula, Marina, Aécio, Serra, Alckmin, Bolsonaro e Ciro– Lula: 22%– Marina: 14%– Aécio: 10%– Moro: 10%– Bolsonaro: 5%– Brancos e nulos: 14%– Não opinaram: 6%

Rejeição em %– Lula (PT) 46– Aécio (PSDB) 29– Temer (PMDB) 29– Serra (PSDB) 19– Jair Bolsonaro (PSC) 19– Marina (Rede) 17– Geraldo Alckmin (PSDB) 16– Ciro (PDT) 13– Luciana Genro (PSOL) 12– Eduardo Jorge (PV)  10– Ronaldo Caiado (DEM) 10– Sergio Moro (sem partido) 9

2º Turno Marina X Lula– Marina 44%– Lula 32%

2º Turno: Serra X Lula– Serra 40%– Lula 35%

2º Turno Aécio x Lula– Aécio 38%– Lula 36%

2º Turno alckmin X Lula– Alckmin 38%– Lula 36%

2º turno: Marina X Aécio– Marina 46%– Aécio 28%

2º Turno Marina x Alckmin– Marina 47%– Alckmin 27%

2º turno Marina x Serra– Marina 46%– Serra 30%

Ricardo dá última cartada para tentar manter o PMDB na base

Ricardo dá última cartada para tentar manter o PMDB na baseO governador Ricardo Coutinho (PSB) dará a última cartada, nesta semana, para tentar manter o PMDB na sua base aliada. Ele tem encontro com o senador José Maranhão, presidente estadual da sigla peemedebista, previsto para a próxima quarta-feira  (20), quando tentará convencer o parlamentar a não embarcar no projeto de reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). O senador espera a oficialização da desistência do deputado federal Manoel Júnior, pré-candidato a prefeito, para definir os destinos do partido. Ele tem dito a aliados que uma eventual composição na capital precisará do aval de Júnior, presidente municipal do partido, o que dificulta o diálogo com os socialistas. Manoel Júnior é rival de Coutinho.

Se quiser manter o apoio do PMDB, em João Pessoa, o governador terá que colocar na mesa mais que os cargos que os peemedebistas têm no Estado. Fala-se em amarrar uma composição para 2018 que beneficie o PMDB, porque a eleição deste ano, nas contas dos peemedebistas, é apenas um ponto no emaranhado de possibilidades. Por outro lado, lideranças próximas ao senador José Maranhão entendem que uma composição com o PSD, na capital, chancelada pelo PSDB do senador Cássio Cunha Lima, representaria o rompimento em definitivo com o PSB de Ricardo. Com isso, além dos cerca de 30 cargos, segundo as contas do deputado estadual Tião Gomes (PSL), aliado de Ricardo, os peemedebistas ficarão sem a vaga de Olenka Maranhão na Assembleia Legislativa. Ela é suplente.

A dianteira para atrair o PMDB está com os pessedistas. Várias conversas de Cartaxo com o senador José Maranhão foram intermediadas por Cássio Cunha Lima, idealizador do blocão. Maranhão e Cássio protagonizaram a maior rivalidade da política paraibana das últimas duas décadas e acabaram se aproximando no Senado também por causa do alinhamento nacional entre PSDB e PMDB. Pessoas próximas ao deputado federal Manoel Júnior dizem que o acordo com Cartaxo está fechado e o parlamentar deverá ser o vice para a disputa. Ricardo Coutinho, no entanto, ainda tem esperança de conseguir o apoio do PMDB para reforçar a pré-candidatura de Cida Ramos para a disputa deste ano. Esta semana teremos uma definição.

sábado, 16 de julho de 2016

A PF busca em outros países tecnologia que possibilite a leitura do chip do celular de Eduardo Campos

A PF busca em outros países tecnologia que possibilite a leitura do chip do celular do ex-governador Eduardo Campos encontrado nos escombros do acidente aéreo que o matou em 2014.

As tentativas de fazer a leitura do chip no Brasil fracassaram. A expectativa é encontrar informações de minutos antes do acidente que possam trazer novidades sobre a causa da tragédia.





sexta-feira, 15 de julho de 2016

Revoltado, dono de farmácia assaltada durante a noite em Itaporanga faz um desabafo á Jornal local

Nesta quarta-feira, 13,  dois criminosos de capacete e em uma moto assaltaram a Farmácia do Lula, que fica na Getúlio Vargas, centro da cidade.
                Um deles ficou esperando do lado de fora do estabelecimento, enquanto o outro entrou armado e rendeu as quatro atendentes. Não havia clientes na farmácia. Ele pegou todo o dinheiro disponível no caixa, cerca de 3 mil reais, e os celulares das funcionárias e do estabelecimento comercial. Câmeras de segurança filmaram a ação do criminoso, mas não é possível a identificação por causa do capacete.
                O proprietário da farmácia, o ex-vereador Luiz Alberto Tolentino, está revoltado com o fato e deu uma entrevista ao jornal Folha do Vale dizendo que a cidade não tem segurança. “Não temos segurança aqui, e vou ver se falo com alguém do governo para cobrar uma providência, porque não pode continuar do jeito que está”, desabafou Lula, como popularmente é conhecido.
                As funcionárias ficaram muito abaladas emocionalmente pela violência que sofreram e o proprietário, também, pela sensação de impotência. “Eu estava na esquina quando fizeram o assalto, então percebi uma movimentação estranha e fui até lá, mas os criminosos já haviam fugido”, comentou o proprietário, ao reforçar sua insatisfação com a segurança pública e defender mudanças e providências.
                Recentemente, uma aréa de lazer local foi assaltada e uma tentativa de assalto em um sítio, também de Itaporanga, deixou uma das vítimas ferida e, há dois dias, um agricultor foi alvo de assaltantes na rodovia entre Itaporanga e Piancó. No ano passado, o município itaporanguense foi o que mais registrou assalto no Vale, e os crimes contra o patrimônio continuaram este ano.

Fonte: Folha do Vale

Com pedido do MP para arquivar processo das "pedaladas fiscais", senadores pedirão para paralisar impeachment

                             :
 

Após a decisão do Ministério Público, que pediu arquivamento do processo das "pedaladas fiscais" contra Dilma Rousseff, senadores da base aliada entrarão com requerimentos para paralisar a Comissão do Impeachment no Senado.
Ontem, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) ingressou com um requerimento para que o Senado escute o Procurador.
"E agora? O que fará o Tribunal de Contas da União? E o Senado Federal?", questionou Gleisi, lembrando ser esta a acusação que embasou o afastamento temporário da presidente. Segundo ela, a única solução possível é o arquivamento do pedido de impeachment, uma vez que está comprovada a inocência de Dilma.
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou que outros senadores devem seguir o movimento e entrar com pedidos para interromper os trabalhos da comissão no processo contra Dilma. “Esse processo está desmoralizado de uma vez por todas. Como é que o Senado vai continuar levando esse processo de impeachment a frente?".
Ele lembra que nos dias 19 e 20, juristas de todo mundo e personalidades farão um tribunal moral internacional para julgar esse processo.

Repórter da Globo que já atuou no Sertão é assaltada em reportagem sobre insegurança na Paraíba

A jornalista teve o celular tomado por um homem não identificado





A repórter Larissa Fernandes da TV Paraíba, afiliada da Rede Globo em Campina Grande, foi assaltada na noite dessa quarta-feira (13), enquanto fazia uma matéria sobre os roubos que estavam sendo registrados nas proximidades da UFCG, no bairro Bodocongó.
A jornalista teve o celular tomado por um homem, não identificado, no momento em que o repórter cinematográfico Aídes Brasil fazia imagens de passageiros que estavam entrando em um ônibus.

Repórter chamou a Polícia Militar logo depois do crime, mas o suspeito não foi localizado (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Repórter chamou a Polícia Militar logo depois do crime, mas o suspeito não foi localizado (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Após a ação, a Polícia Militar foi chamada e fez rondas nas proximidades, mas não conseguiu encontrar o suspeito.
A repórter foi até a Central de Polícia da cidade e fez um boletim de ocorrência do caso.

Secretário de RC diz que PMDB continua no governo e promete insistir em diálogo

Trócolli 2

O ex-peemedebista e secretário de Articulação Política do governo do Estado, Trócolli Júnior (PROS), faz coro pela permanência do PMDB no arco de alianças que sustenta o governo do Estado. O deputado estadual licenciado disse que o PMDB permanece na base do governo e que vai lutar pela manutenção da aliança.
“Enquanto tivermos tempo, vamos contar com o PMDB, sim. Se não tiver jeito, depois do dia 4 de agosto nós vamos falar sobre isso”, disse Tróccoli, que acrescentou: “Torço e trabalho para chegarmos a um denominador em comum. Vamos insistir para que o diálogo continue”.
O governador Ricardo Coutinho criou um mal estar com o senador José Maranhão, presidente do PMDB na Paraíba, depois que remanejou Laplace Guedes, que ocupava a Secretaria de Turismo, para a Secretaria Executiva de Energia e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A mudança foi feita para acomodar outros aliados no governo do Estado.
As articulações em torno da eleição deste ano na capital também tem colaborado para abalar a relação entre PMDB e PSB. Com uma pré-candidatura na corda bamba, o PMDB vem conversando com o candidato a reeleição Luciano Cartaxo (PT), que já conta com o apoio dos tucanos na formação do chamado “blocão”. Informações de bastidores dão conta que o PMDB tem sido fortemente assediado por pessedistas e tucanos.

PM age rápido e prende homem que assaltou loja e levou óculos, em Itaporanga

O assalto ocorreu, por volta das 14, desta quinta-feira (14).



A polícia militar agiu rápido e prendeu homem, que assaltou a loja Tássio Vidros e Acessórios, na cidade de Itaporanga. Trata-se do vendedor de produtos naturais, João Ferreira da Silva, 35 anos, residente na cidade de Iguatú, no estado do Ceará. O assalto ocorreu, por volta das 14, desta quinta-feira (14). Na ocasião, o homem, que estava bêbado e usou uma faca para efetuar o assalto, não encontrou dinheiro no caixa da loja e levou um óculos de sol.
De acordo com informações do major Guedes, comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar, a polícia manteve a diligência e conseguiu localizar e prender o acusado, na rua Santo Antonio. Depois de preso, ele levado para a delegacia de polícia civil de Itaporanga, onde serão tomadas as medidas cabíveis.
Ainda de acordo com o major Guedes, ao ser preso, o homem confessou que teria vendido o óculos por 12 reais a uma senhora,que também foi localizada e encaminhada para a delegacia.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados

 O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito na madrugada desta quinta-feira (14) o presidente da Câmara dos Deputados

O parlamentar venceu em segundo turno contra Rogério Rosso (PSC-DF) por 285 votos a 170. Maia se classificou para o segundo turno em primeiro lugar, com 120 votos.

Foram mais de 7 horas de sessão, com 14 candidatos inscritos para o mandato “tampão” até fevereiro de 2017. A votação foi realizada em 14 urnas eletrônicas, com voto secreto.

‘Hoje, sou eu; vocês, amanhã’, diz Cunha ao se defender na Câmara

Em um discurso repleto de recados a parlamentares investigados pela Justiça, o ex-presidente da Câmara e deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) fez um apelo nesta terça-feira (12) aos integrantes da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
O pedido, anunciado em tom de alerta, era para que os deputados acolhessem recurso contra a aprovação, pelo Conselho de Ética, da cassação do mandato do peemedebista, sob risco de eles próprios serem prejudicados no futuro. A sessão foi encerrada sem que o recurso fosse votado, e a retomada da discussão foi marcada para esta quarta-feira às 9h.
No recurso apresentado à CCJ, Cunha questiona diversos pontos que considera erros de procedimento na tramitação do processo que o investigou no Conselho de Ética. Ele responde por, supostamente, ter ocultado contas bancárias no exterior e ter mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras.
Cunha nega as acusações e afirma ser beneficiário de fundos geridos por trustes (empresas jurídicas que administram recursos).
Ao se defender nesta terça, Cunha argumentou que diversos procedimentos adotados pelo Conselho de Ética feriram as regras do regimento da Câmara, o que poderia abrir um “precedente perigoso”. “Hoje, sou eu. É o efeito Orloff: Vocês, amanhã”, disse em referência ao slogan de uma propaganda de vodka na década de 1980, que dizia: “Efeito Orloff: Eu sou vocês amanhã”.
A afirmação foi feita na sessão da CCJ que discute o parecer sobre recurso para anular a votação do processo de cassação no Conselho de Ética.
Cunha chegou a ressaltar que alguns dos investigados estavam ali na CCJ. Ele criticava o fato de ser investigado no Conselho de Ética por acusação sobre a qual já é réu na Justiça, gerando, assim, uma duplicidade.
“Discutir a origem do patrimônio em sede de processo disciplinar com um processo judicial em andamento é muito mais do que íbis idem. É um absurdo. A qual nenhum dos 117 parlamentares que têm inquérito ou ações penais, alguns aqui presentes nessa sala, não vão aceitar se forem eles os julgados. Não vão aceitar se for contra eles o processo disciplinar”, disse.
Sem fazer menção direta à Operação Lava Jato, Cunha afirmou que os parlamentares alvos de inquérito ou de ação penal não “sobreviverão” e serão cassados se a palavra da acusação for considerada como sentença. De acordo com ele, atualmente 117 deputados e 30 senadores respondem a inquéritos.
O peemedebista também disse que a palavra da acusação contra ele virou uma “sentença transitada em julgado” – tipo de sentença sobre a qual não é possível recorrer.
“O que foi adotado com relação a mim é: a palavra do órgão acusador virou sentença transitado em julgado. Essa é a grande realidade. […] Na medida que queira antecipar ou usurpar a competência do STF, considerando acusação como sentença transitado em julgado, é processo político. Então garanto que nenhum dos 117 deputados e 30 senadores sobreviverão nesta casa e deverão todos serem cassados”, disse.
Antes da fala de Cunha, a defesa do peemedebista falou na CCJ e cobrou isenção do colegiado, afirmando que o julgamento pode gerar precedentes “perigosíssimos” para o Congresso Nacional, já que pode alterar o entendimento do Código de Ética e do regimento da Câmara.
Após o encerramento da sessão, Eduardo Cunha afirmou em entrevista coletiva que pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) mesmo que o parecer de Fonseca seja aprovado, por entender que ele acolhe apenas um dos pontos do seu recurso, o que trata sobre o sistema de votação no Conselho de Ética.
“Certamente, eu vou acionar, não há dúvida, se o relatório não acolher pontos que são pontos relevantes”, disse após o encerramento da sessão da CCJ.
Ele negou ainda ter se dirigido em tom de ameaça aos demais parlamentares investigados na Justiça, conforme acusaram adversários seus. “Não tem tom de ameaça, não tom de nada. Tem apenas uma constatação de que tem um tratamento diferenciado e uma constatação que amanhã qualquer um pode ser vítima disso”, afirmou.
O ex-presidente informou ainda que estará presente na sessão da CCJ desta quarta, quando a análise do seu caso será retomada.


Fonte: G1