sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Justiça determina penhora de Land Rover de deputado paraibano para pagar dívida

A Justiça do Trabalho da Paraíba já determinou a penhora de dois veículos do deputado estadual da Paraíba, Genival Matias,  presidente do partido político, antes  PT do B, e que hoje chama-se Avante. A decisão é para pagamento de direitos trabalhistas em uma Ação ajuizada pelo motorista Edilson Venâncio Tavares contra o parlamentar por não pagamento dos direitos trabalhistas. Segundo o reclamante em conversa por telefone com o Blog , “o mandado de penhora ainda não foi cumprido mas tenho a informação, e está no processo, que são dois carros do deputado uma Land Rover Discovery, ano 2011, de cor prata, placas off-7008, e um peugeot cinza, ano 2012”, confirmou Edilson Venâncio.

Justiça determina penhora de Land Rover de deputado paraibano para pagar dívida

A Ação trabalhista foi ajuizada , segundo o motorista Edilson Venâncio, em outubro de 2014, para exigir do deputado Genival Matias o cumprimento das obrigações trabalhistas. A decisão do juiz de 1º grau foi favorável ao trabalhador que, segundo Edilson, condenou o deputado a pagar na ação cerca de R$ 80 mil. Para recorrer ao Tribunal Regional do Trabalho, o deputado já teve de desembolsar R$ 32 mil , quantia que já foi retirada por Edilson Venâncio.



A Ação trabalhista se refere a obrigações patronais não cumpridas pelo deputado durante cinco anos em que Edilson Venâncio era motorista, inclusive na campanha de 2010, quando Genival Matias se elegeu pela primeira vez deputado estadual na Paraíba. O parlamentar está em seu segundo mandato e presidente o antigo PT do B, hoje chamado de Avante.




Genival Matias é da cidade de Juazeirinho e é irmão do atual prefeito de Juazeirinho, Bevilacqua Matias. O Blog solicitou via whats para que o deputado confirmasse ou não as informações que foram repassadas pelo ex motorista, mas o parlamentar leu a mensagem e não respondeu. Em rápida pesquisa no site do Tribunal Regional do Trabalho encontramos o processo de Nº 0146500-59-2014.5.13.0001 que comprova  a Ação trabalhista movida por Edilson Venâncio Tavares em desfavor de Genival Matias de Oliveira.


Blog Marcelo José

Trio usando carroça rouba veículo de mulher em padaria na Paraíba

Uma mulher teve seu carro roubado por três homens em uma carroça na noite de quinta-feira (21) em Campina Grande. O caso ocorreu no bairro do Presidente Médici quando a mulher saia de uma padaria e foi abordada pelo trio, sendo que um deles estava armado. Dois suspeitos foram detidos, um deles é adolescente.
Dois dos assaltantes fugiram no veículo roubado e o outro na carroça, mas a polícia conseguiu realizadas as duas prisões depois de fazer buscas pela região. Um deles foi o que fugiu na carroça, que indicou onde o carro roubado estaria. No local, a polícia apreendeu o segundo suspeito, um adolescente.
Até as 7h o terceiro assaltante não tinha sido localizado pela polícia.
G1

Polícia civil divulga foto do suspeito de matar mulher, no Vale do Piancó

A polícia civil, sob a coordenação do delegado seccional, Glauber Fontes, divulgou a foto do suspeito de ter matado Edileuza Alves Leite, 31 anos, crime ocorrido há dias no sítio Saco da Serra, zona rural de Santa Inês, que fica próximo da divisa com o município de Conceição. A descoberta do corpo ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (20). A foto da vítima, que se encontrava em estado de decomposição também foi divulgada pela polícia militar.

De acordo com o delegado, a polícia civil já entrou no caso e vai intensificar as investigações, na tentativa de localizar e prender o acusado, que se chama ‘Ednaldo’. Segundo o delegado, algumas informações já chegaram à polícia, através do número 190, número utilizado pela polícia civil para que as pessoas façam denúncias e tenham seus nomes preservados.
Saiba mais sobre o crime
De acordo com informações da 2ª Companhia de polícia militar, o corpo da mulher já se encontra em estado de decomposição e parte da cabeça foi comida por cachorros.
Ao portal vale do Piancó Notícias, a polícia explicou que já existe um suspeito da prática do homicídio e que o crime será investigado. Segundo a polícia militar, desde o sumiço da mulher encontrada morta, o suspeito sumiu sem deixar pistas do seu paradeiro. O corpo foi encontrado por populares, que moram nas proximidades do sítio.


Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias

Juiz determina bloqueio do valor que garante implante coclear a menor do Vale do Piancó

O juiz da cidade de Conceição, Kleyber Thiago Trovão Eulálio determinou o sequestro no valor de 39 mil e 900 reais como garantia do implante coclear, em favor da menor, Maria Clara Vitória Lopes de Carvalho, de 8 anos de idade e já expediu alvará para a família.

Kleyber Thiago Trovão Eulálio, juiz de diretito de Conceição
Relembre o caso
Atendendo a uma Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público do Estado da Paraíba, através do promotor de justiça da comarca de Conceição, Osvaldo Barbosa, o juiz Kleyber Thiago Trovão Eulálio, da comarca de Conceição, atento aos princípios de Direito aplicáveis à espécie, deferiu a tutela de urgência para, determinar ao Estado da Paraíba que forneça o implante coclear, em favor da menor, Maria Clara Vitória Lopes de Carvalho, de 8 anos de idade. O implante só é fornecido por uma empresa, em todo território nacional e custa 39 mil e 900 reais. A menor é filha do casal, Maria do Socorro Sales Lopes e Erivaldo Liberalino de Carvalho. O Implante Coclear (IC) é um dispositivo eletrônico, parcialmente implantado, que visa proporcionar aos seus usuários sensação auditiva próxima ao fisiológico.
De acordo com o que foi juntado nos autos, Maria Clara Vitória é especial, sofre de perda auditiva sensoneural de grau profundo bilateral, CID H90.3, com diagnóstico de perda de audição. A adolescente já se submeteu a uma cirurgia no ano de 2013 de implante COCLEAR NUCELUS FREEDOM. No entanto, com o passar do tempo o processador externo do implante apresentou defeito e a família da menor não tem condições financeiras de efetuar a compra desse processador que só é fornecido pela empresa ABIMED, localizada no Estado de São Paulo.
Resultado de imagem para promotor osvaldo barbosa justiça de conceição pb
Osvaldo Barbosa, promotor de Conceição
De acordo com o laudo, enviado ao Ministério Público e constando nos autos do processo, devido ao não funcionamento do processador externo do implante a menor está sem frequentar a escola e praticar suas atividades normais em virtude do comprometimento de sua audição.
Diante do exposto, atento aos princípios de Direito aplicáveis à espécie, o juiz deferiu a tutela de urgência para, determinar ao ESTADO DA PARAÍBA que forneça o IMPLANTE COCLEAR, bem como disponibilize médico especialista para acompanhamento da menor, nos termos requeridos, no prazo de cinco dias, sob pena de bloqueio de verbas necessárias, em caso de descumprimento.
A atuação do promotor de justiça, Osvaldo Barbosa, que argumentou de forma coerente com as necessidades da menor, foi determinante para a decisão sábia do juiz, Kleyber Trovão, que decidiu sobre o assunto.

Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Presidente de Câmara agride funcionário de prefeitura com chute: 'Perdi a cabeça'

O presidente da Câmara Municipal de Juazeirinho, vereador Cícero Silva (Avante), se envolveu em uma confusão e está sendo acusado por um morador da cidade de agressão. Em vídeo postado na internet, o político aparece dando um chute na nuca de um homem. Segundo o próprio parlamentar, a vítima seria funcionário da prefeitura.
Vereador agrediu funcionário da prefeitura com um chute
“Vim pra uma audiência aqui na Câmara e o presidente deu em mim na covardia. Além de me ameaçar, está desesperado e me bateu por trás”, diz o homem agredido.
Procurado pela TV Correio, o vereador explicou sua versão do que teria acontecido. Segundo ele, a vítima “só filmou e publicou o que o beneficia”. Cícero Silva contou que o conflito começou por conta de um constrangimento provocado pela vítima à sua filha.
“Aquele rapaz é vigilante da prefeitura. Na verdade, eu tenho uma filha que me ajuda muito, ela que abre e fecha a Câmara. Ela não recebe salário não, mas me ajuda muito. Então semana passada eu mandei ela entregar um documento no cartório numa moto da Câmara. Este rapaz tirou foto e postou nas redes sociais, dizendo que minha filha a estava usando [para benefício próprio]”, lembrou o vereador.
“Na hora que você vê o chute no vídeo eu estava entrando e ele saindo da Câmara. Quando ele passou por mim, ele disse "gostou, presidente?", em relação a foto da minha filha e falou uma palavra de baixo calão sobre ela. Eu disse "respeite minha família” e ele me deu empurrão. Eu quis subir para Câmara para evitar confusão, mas ele continuou falando coisas horríveis sobre minha mulher e minha filha. Assim quem não perde a cabeça? O pessoal julga porque só escuta o lado dele”, finalizou.
Fonte: Portal Correio

Mulher é presa em Itaporanga suspeita de cometer exploração sexual de crianças e adolescentes

A Polícia Militar prendeu, na manhã deste sábado (16), uma mulher suspeita de cometer exploração sexual de crianças e adolescentes no Sertão do Estado. A ação foi realizada pelos policiais do 13º Batalhão, em Itaporanga, que, após receberem informações, conseguiram localizar a suspeita, de 29 anos, e cumpriram o mandado de prisão.
Os policiais das Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam) foram informados que, na localidade do Alto das Neves, havia uma mulher suspeita com mandado de prisão em aberto. Durante as diligências, uma suspeita foi abordada e, a partir da consulta ao Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), foi constatado que contra ela havia um mandado de prisão em aberto pelo crime previsto no artigo 244-a, do Estatuto da Criança e do Adolescente.
 O artigo prevê que submeter menores à prostituição ou exploração sexual resulta em pena de reclusão de 4 a 10 anos, e multa. A mulher foi conduzida para a Delegacia de Itaporanga para as medidas cabíveis.

Secom-PB

Lideranças do PSBD afirmam a Temer que vão votar para que ele fique no Governo

O presidente Michel Temer recebeu nos últimos dias relatos de lideranças do PSDB de que eles trabalharão na Câmara dos Deputados para barrar a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o peemedebista.

Na primeira denúncia, a bancada do PSDB rachou no plenário: foram 22 votos contra a denúncia, e 21 a favor. 

Ao Blog, tucanos já preparam o discurso público: argumentam que a segunda denúncia de Rodrigo Janot, apresentada na última quinta-feira (14), "não é suficiente" para provocar uma "ruptura" no cenário político em meio à discussão sobre as reformas econômicas. 

Mas os mesmos tucanos admitem que o pano de fundo do apoio a Temer, no entanto, é outro: não interessa ao partido, neste momento, causar "turbulências" a um ano da eleição presidencial.

No PSDB, Temer conta com o apoio, principalmente, do senador Aécio Neves(MG) denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por propina e obstrução de Justiça  e do prefeito de São Paulo, João Doria, pré-candidato à disputa presidencial de 2018. 

Na primeira denúncia, tanto Aécio quanto Doria trabalharam para ajudar Temer junto à bancada. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ficou de fora das articulações e acabou sendo responsabilizado pela ampla votação contra Temer na bancada paulista do PSDB.

Para agradar a ala tucana que o apoia, Temer tem afastado a possibilidade de demitir o ministro Antonio Imbassahy, articulador político do Palácio do Planalto com o Congresso Nacional.

Imbassahy foi indicado ao ministério em uma operação que contou com a bênção de Aécio Neves, no começo do ano, mas passou a ser alvo de críticas de deputados insatisfeitos com a demora na liberação de cargos e emendas do governo.

Temer, segundo seus auxiliares, não pretende trocar o ministro.

sábado, 16 de setembro de 2017

Triste notícia: Morre o jornalista Marcelo Rezende

O jornalista Marcelo Rezende morreu, neste sábado (16/9), aos 65 anos. O autor do bordão “Corta para Mim” lutava contra câncer no fígado e no pâncreas. Desde a última terça-feira (12), ele estava internado no hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo.

Marcelo Rezende construiu carreira na televisão em programas policiais. Antes de morrer, o jornalista comandava o “Cidade Alerta”, da rede Record. A atração mostrava crimes e ações das forças de segurança.

O apresentador, que deixa cinco filhos, também passou pela Globo, onde comandou o “Linha Direta”. Na RedeTV! esteve à frente do telejornal “RedeTV! News”.

Luta pela vida

Em maio deste ano, Rezende revelou a descoberta do câncer durante entrevista para o “Domingo Espetacular”. Apesar do diagnóstico, o jornalista, com mais de 30 anos de carreira, dizia estar muito otimista em relação à cura.

Em decisão polêmica, o apresentador decidiu abandonar a quimioterapia e seguir tratamentos alternativos para combater o avanço da doença. “Uma das coisas que me deixaram triste foi quando eu desisti da medicina tradicional e algumas pessoas, ainda bem que foram poucas, me chamaram de covarde. Mas como posso ser covarde se cada passo que eu dou é orientado pelo meu Pai. Portando, eu quero dizer uma coisa: foi a melhor decisão que eu tomei”, escreveu o jornalista.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

: Governador anuncia inauguração das adutoras e estação de tratamento das cidades de Itaporanga e Coremas em setembro

ASSISTA: Governador anuncia inauguração das adutoras e estação de tratamento das cidades de Itaporanga e Coremas em setembroO governador Ricardo Coutinho reforçou novamente em Itaporanga o compromisso do governo do estado em investir no Vale do Piancó em várias obras, o governador enumerou várias ações como as estradas nas cidades de Coremas, Curral Velho, Serra Grande, São José de Caiana, Pedra Branca, Nova Olinda, Igaracy, Aguiar e Santa Inês  .
O Vale do Piancó, além de estradas, está sendo beneficiado com obras hídricas. Ricardo declarou que Itaporanga e região terão um elevado ganho na educação quando a Escola Técnica Estadual estiver funcionando. A previsão é que as obras sejam concluídas até fevereiro de 2018. A obra está na fase inicial de terraplanagem.
Durante o encontro do PSB em Itaporanga o governador adiantou que estará retornando ao Vale no inicio do mês de setembro, para a inauguração das adutoras e Estação de Tratamento d´água  das cidades de Itaporanga e Coremas.  E a assinatura de convênios para a estação de tratamento d´água  da cidade de Pedra Branca.

Vale do Piancó já tem quatro pré-candidaturas cogitadas para deputados

Vale do Piancó já tem quatro pré-candidaturas cogitadas para deputados
Muita gente  participou no último sábado  dia 26, no salão do Atlântida clube em Itaporanga do encontro regional do Vale do Piancó entre filiados e simpatizantes do Partido Socialista Brasileiro, o PSB do governador Ricardo Coutinho. O evento organizado pela direção no município de Itaporanga, que tem como presidente da executiva municipal o ex-prefeito Audiberg Alves, reuniu gente também de outras siglas, como entre outros partidos que devem apoiar o projeto que está sendo construído com o nome do secretário João Azevedo para governador.
O evento contou com a presença do governador Ricardo Coutinho (PSB) e    serviu também para formalizar nomes para disputas para deputados pelo Vale do Piancó.  


A região do Vale do Piancó, já tem pelo menos quatro pré-candidatos a deputados para as eleições de 2018, entre eles, o ex-deputado estadual com dois mandatos Chico Lopes, que irá disputar umas das 15 vagas para deputado federal na Paraíba pelo PSB. Outros dois nomes também  foi anunciado durante o encontro em Itaporanga para deputado estadual o nome do Professor Ivo Teixeira Filho pelo PPS e do médico Tarsiano Carnaúba pelo PTdoB ambos os três nomes tem ligação com a cidade de Itaporanga. Outro nome anunciado para deputado estadual pelo Vale foi do ex-prefeito de Conceição Alexandre Braga pelo PSB.

PSB realiza encontro regional e recebe filiação do Prefeito Divaldo Dantas, em Itaporanga


Eleito pelo PMDB em 2016, o prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, se filiou neste sábado ao PSB. A ficha de filiação do ex-peemedebista foi abonada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), durante encontro regional que a legenda socialista está promovendo no Atlântida Esporte Clube, em Itaporanga.
Além de Ricardo, que é presidente de honra do PSB paraibano, o encontro dos socialistas em Itaporanga conta com a participação de várias lideranças do partido, como o pré-candidato a governador João Azevêdo; o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia Filho; e os deputados Hervázio Bezerra e Ricardo Barbosa.
Em julho, o PSB iniciou uma série de encontros regionais, visando fortalecer a legenda para disputa eleitoral do próximo ano na Paraíba. O primeiro aconteceu na cidade de Cajazeiras, o segundo em Patos e o terceiro em Guarabira.
De acordo com o presidente do Diretório Estadual do PSB, Edvaldo Rosas, o partido seguirá promovendo encontros semelhantes ao de Itaporanga em todas as regiões do Estado. “Vamos chegar até ao final do ano com a cobertura das 14 regiões”, disse o dirigente socialista, sem adianta em qual cidade ocorrerá o próximo evento.

Empresa que implantou chips nos funcionários vem para o Brasil

A empresa de tecnologia que, em julho, anunciou que implantaria chips no corpo dos funcionários, causou polêmica ao utilizar os objetos em substituição de crachás, chaves e senhas em computadores.
Agora, o CEO da Three Square Market, Todd Westby, afirmou que o próximo mercado de sua empresa será o Brasil. Em sua empresa, mais de 60 pessoas se voluntariaram para usar o chip, que é implantado entre os dedos polegar e indicador.
“A adesão foi totalmente voluntária. Eu mesmo me surpreendi com o interesse. A moral da história é que somos uma empresa de tecnologia e os funcionários naturalmente se interessam pelo que é novo”, afirmou, em entrevista cedida à BBC Brasil.
A empresa tem trabalhado, atualmente, em um chip com tecnologia de GPS cuja alimentação energética seja do corpo humano. “Agora estamos trabalhando para reduzir o tamanho do dispositivo até que seja possível implantá-lo”, afirmou.
Ele acredita que a tecnologia viabilizará a substituição de documentos, tornozeleiras, fichas médicas e outros objetos que considera obsoletos. “O chip poderá substituir passaportes e você não vai mais correr o risco de ter o seu roubado ou de perdê-lo”.
“Uma pessoa com Alzheimer ou doenças de memória poderá ter toda a lista de remédios que consome detalhada no chip quando for a uma emergência ou visitar um novo médico”, acrescentou.
O CEO afirma que a tecnologia está começando a ver mercado no Brasil. “Dois hospitais brasileiros já nos procuraram querendo experimentar a tecnologia”, afirmou ele, que também conta que em São Paulo “as negociações ainda estão em andamento”.
“O Brasil será nosso próximo mercado. Sei que vocês também têm uma demanda muito grande no sistema penal. Também estamos conversando com Espanha, Canadá, México e outros lugares”, contou.
Nem todos os funcionários aceitaram o chip, como Katie Langer. “Eu ainda não vi pesquisas sobre os efeitos a longo prazo na saúde. Isso me deixa um pouco preocupada. Ainda é um objeto estranho sendo colocado em seu corpo”, opinou.


Wetsby afirma que, no Brasil, a tecnologia será predominantemente aceita em alguns anos.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Por votar contra Temer, PMDB determina a suspensão de Veneziano do partido por 60 dias


PMDB determina a suspensão de Veneziano do partido por 60 dias
O PMDB anunciou nesta quinta-feira (10) a suspensão das funções partidárias dos parlamentares peemedebistas que votaram na Câmara dos Deputados pela admissibilidade do processo contra o presidente Michel Temer (PMDB). A lista inclui o paraibano Veneziano Vital do Rêgo. O ofício com a determinação foi enviado pelo dirigente nacional da sigla, senador Romero Jucá, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Temer foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por suposto crime de corrupção passiva. Caso o Legislativo tivesse autorizado, ele poderia ser processado no Supremo Tribunal Federal (STF).

O PMDB fechou questão para barrar a denúncia. Por esta lógica, ficou determinado que haveria punição contra os deputados rebeldes. Ao todo, seis parlamentares desobedeceram a determinação. Foram eles Celso Pansera (RJ),  titular em 11 comissões e suplente em quatro; Jarbas Vasconcelos (PE), titular em duas comissões; Laura Carneiro (RJ), titular em 11 comissões e suplente em cinco; Sergio Zveiter (RJ), titular em quatro comissões e suplente em uma; Veneziano Vital do Rêgo (PB), titular em quatro comissões e suplente em seis, além de Vitor Valim (CE), titular em 18 comissões e suplente em seis.

Com a decisão, eles ficam impedidos de participar das comissões, por causa do caráter partidário da indicação. De acordo com a assessoria do partido, a suspensão é o primeiro passo do processo disciplinar ao qual os deputados serão submetidos. Nos próximos dias, o Conselho de Ética do PMDB analisará o caso dos seis parlamentares e poderá puni-los com penas que vão de advertência até a expulsão do partido. Eles também ficam afastados das funções nas executivas do partido nos respectivos estados. Ou seja, Veneziano Vital do Rêgo não poderá votar em deliberações do PMDB na Paraíba.

Veja a íntegra da nota do PMDB:

O PMDB, em cumprimento à decisão unânime da Comissão Executiva do partido, suspendeu por 60 dias, de suas funções partidárias, os deputados que votaram a favor da denúncia do presidente da República, Michel Temer. Esta decisão foi tomada por descumprimento dos parlamentares ao fechamento de questão sobre o assunto em reunião realizada no dia 12 de julho, em Brasília. O ato de suspensão ja foi comunicado a todos os filiados e ao Conselho de Ética do partido.

O governador quer ser prefeito de João Pessoa’, ironiza Milanez Neto

O líder da bancada governista na Câmara Municipal de João Pessoa, Fernando Milanez Neto (PTB), ironizou na manhã desta quinta-feira (11), em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, as declarações do governador Ricardo Coutinho (PSB), durante a entrega do novo Centro Administrativo da Assembleia Legislativa.
Mais PB

Gilmar Mendes será o relator de inquérito que investiga Cássio no STF

A coluna 'Expresso' da Revista Época traz, nesta quinta-feira (10), a informação de que o ministro Gilmar Mendes será o novo relator do inquérito que investiga o senador Cássio Cunha na acusação de receber R$ 800 mil da Odebrecht, em 2014.

Gilmar Mendes será o relator de inquérito que investiga Cássio no STF

Segundo delatores da empresa, o valor não foi contabilizado, configurando 'caixa 2'.

A redistribuição do inquérito foi requerida pelo procurador Rodrigo Janot por ele achar que o caso não tem ligação com a Lava jato, saindo, portanto, do gabinete do ministro Edson Fachin.

Confira a íntegra do 'Expresso' desta quinta-feira:

O inquérito contra o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), delatado por executivos da Odebrecht, foi redistribuído nesta quinta-feira (10) ao ministro Gilmar Mendes. A investigação estava com o ministro Edson Fachin, mas o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu sua redistribuição por concluir que não há conexão do caso com as irregularidades investigadas na Lava Jato. Segundo delatores da Odebrecht, Cunha Lima recebeu nas eleições de 2014, por meio de um intermediário, R$ 800 mil, dinheiro não contabilizado.

O tucano se defendeu da acusação. Negou a irregularidade e disse que recebeu doação de R$ 200 mil da Brasken, empresa do grupo Odebrecht, valor registrado na contabilidade da campanha ao governo da Paraíba apresentada à Justiça Eleitoral.

Bolsa Família reduz 543 mil benefícios e atende menor número de pessoas desde 2010

O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil famílias. Segundo apurou o UOL, o corte inclui suspensões para avaliação e cancelamentos.
Ao todo, o programa pagou 12.740.640 famílias em julho. O número de bolsas pagas foi o menor desde julho de 2010, quando foram pagas 12.582.844 bolsas. Se compararmos julho de 2014 com o mesmo mês de 2017, houve uma redução de 1,5 milhão de bolsas pagas (veja gráfico abaixo).
Mesmo com os cortes, ainda há mais de meio milhão de famílias na lista de espera para ingressar no programa, sem previsão. Questionado pela reportagem, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário culpou a política econômica do governo Dilma Rousseff (2011-16) pela redução (veja, mais abaixo, a nota do ministério, bem como a resposta dada pela ex-presidente Dilma sobre ser culpada pelo corte).

Beto Macário/UOL
A camareira Rosângela da Silva, 43, que tem três filhos e recebia R$ 124 até junho
Até então, o maior corte tinha ocorrido entre os meses de janeiro e fevereiro de 2013, após o fim de um recadastramento do governo federal. Naquela ocasião, houve 278 mil benefícios pagos a menos.

Quando foi lançado, em 2003, o programa atendia 3,6 milhões de famílias --a maioria já recebia benefícios menores que foram extintos, como o Bolsa Alimentação, o Vale Gás e o Bolsa Escola.
O corte no pagamento de julho pegou muitos beneficiários de surpresa. Na segunda-feira (7), a reportagem do UOL visitou a central do Cadastro Único e do Bolsa Família em Maceió, onde 55,2 mil famílias dependem do pagamento. O município também teve corte no número de beneficiários: em junho, eles eram 57,4 mil.

Entre os beneficiários que buscaram resolver problemas, o clima era de grande apreensão. "A verdade é que a gente fica sempre esperando uma notícia assim, pois sabe que estão cortando tudo. Até direitos da gente já cortaram", diz a camareira Rosângela da Silva, 43, que tem três filhos --mora com dois deles-- e recebia R$ 124 até junho. "Agora cortaram do nada."
Diversos relatos de pessoas que recebiam a bolsa apontam a mesma coisa: não houve informação prévia do corte e as pessoas não foram notificadas para recadastro.

Beto Macário/UOL
Cliwleide Gomes da Silva, 38, nunca havia tido o Bolsa Família cortado
Cliwleide Gomes da Silva, 38, é beneficiária desde o início do programa e diz que nunca teve o benefício cortado nesse período. "Quando fui sacar agora no dia 27, saiu um papel dizendo que estava bloqueado, não tinha justificativa. Foi o maior susto porque sempre faço tudo direitinho, trago a frequência escolar, cartões de vacina, faço recadastramento", diz a mulher, que tem dois filhos e depende do benefício para pagar as contas. "Minha única renda extra é quando arrumo alguma faxina ou vendo alguma coisa, mas é difícil", diz.

Agora cortaram do nada
Rosângela da Silva, camareira, sobre seu Bolsa Família
Em Maceió, a cobertura do programa é menor que o número estimado de pessoas com direito ao benefício. Segundo o relatório do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário) referente ao mês de julho, 69,7% do total de famílias pobres da capital alagoana estavam no programa.

Beto Macário/UOL
Aviso de bloqueio do benefício do Bolsa Família retirado do caixa eletrônico da Caixa
"Essa estimativa é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O município está abaixo da meta de atendimento do programa", diz o documento.

Maria Rosilene da Silva, 41, afirma que teve o benefício cancelado no mês passado. "Disseram só que não tinha mais direito", lamenta. "Tenho cinco filhos, e só um é jovem aprendiz. Os demais dependem de mim. Se não retomarem, vou ter de tirar minha filha de seis anos da escolinha", conta a mulher, que recebia R$ 209 ao mês.
Já a desempregada Adriana Martins, 35, recebia R$ 202 e assegura que precisou ajustar as contas para passar o mês. "Foi um sacrifício. Deixei de pagar o aluguel e estou esperando que resolvam para pagar", conta a beneficiária, que recebe também pensão de R$ 300 do ex-marido. "Sem o Bolsa Família, vai ficar difícil demais", completa.
Beto Macário/UOL
Adriana Martins, 35, recebia R$ 202 e precisou ajustar as contas para passar o mês

Outro lado

Questionado sobre os cortes pelo UOL, o MDS enviou nota em que não explica a redução e culpa, de forma genérica, a "condução desastrosa da política econômica brasileira e a irresponsabilidade fiscal do governo Dilma Rousseff (PT)", que "ainda geram impacto na vida dos brasileiros".
A pasta afirma que, ao assumir o ministério, em maio do ano passado, "o ministro Osmar Terra precisou reorganizar a gestão dos programas sociais, aprimorar os mecanismos de controle e melhorar a focalização do Bolsa Família".
"Em outubro do ano passado, o MDS realizou o maior pente-fino da história do Bolsa Família, o que permitiu incluir, desde então, 1.446.423 famílias. Ou seja, retirou quem estava recebendo indevidamente e concedeu o benefício a quem realmente precisa. Além disso, em janeiro e fevereiro deste ano, zeramos fila de espera, o que jamais havia acontecido desde a criação do programa", informou.
O MDS diz que, hoje, existem 551 mil famílias aguardando a concessão do benefício e "trabalha para que possa, novamente, zerar a fila". A pasta voltou a confirmar que não há data para reajuste da bolsa, apenas que o ministro Osmar Terra "está empenhado em conceder o reajuste".

Dilma rebate e chama corte de "estarrecedor"

Procurada para comentar as declarações, a ex-presidente Dilma disse, em nota, que é "estarrecedor" o corte em programas sociais em período de crise e classificou a decisão do seu ex-vice como "muito grave".
"Quando deixamos o governo, devido ao golpe do impeachment fraudulento, havia 13,9 milhões de famílias recebendo o benefício do Bolsa Família ao custo de R$ 27 bilhões. Hoje, são beneficiados 12,7 milhões de famílias. Uma queda de 1,2 milhão de famílias. E isso ocorre justamente num quadro de recessão e crise econômica profunda, com corte generalizado de gastos públicos. A rede de proteção social do Bolsa Família está sendo furada por esse governo ilegítimo e iníquo", afirma.
A ex-presidente disse ainda que o corte mostra que o "Palácio do Planalto fez uma opção clara pelos mais ricos". "Essas 543 mil famílias retiradas agora do programa custariam menos de R$ 100 milhões por mês. O governo ilegítimo vai colocar a conta do pato nas costas dos mais pobres", declarou.
Dilma disse ainda que o argumento de falta de recursos não se justifica, uma vez que houve liberação de "dinheiro a deputados para arquivar uma denúncia", o que torna "inadmissível reduzir os programas sociais". "Justamente o Bolsa Família que protege as famílias brasileiras mais pobres. As 'bolsas' concedidas em menos de seis meses pelo governo ilegítimo representam quase metade do Bolsa Família anual", pontuou.
UOL
O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil fa... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/08/11/bolsa-familia-reduz-543-mil-beneficios-em-1-mes-programa-tem-maior-corte-da-historia.htm?cmpid=copiaecola
O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil fa... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/08/11/bolsa-familia-reduz-543-mil-beneficios-em-1-mes-programa-tem-maior-corte-da-historia.htm?cmpid=copiaecola
O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil fa... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/08/11/bolsa-familia-reduz-543-mil-beneficios-em-1-mes-programa-tem-maior-corte-da-historia.htm?cmpid=copiaecola

Bolsa Lula': herdeira de banco suíço doa R$ 500 mil após bloqueio de Moro

Se Luiz Inácio Lula da Silva é visto como o pai do Bolsa Família, ela quer ser a mãe do "Bolsa Lula".
Herdeira da família fundadora do banco Credit Suisse, Roberta Luchsinger, 32, decidiu lançar um movimento de apoio financeiro ao ex-presidente, que teve quase R$ 10 milhões em planos de previdência e contas bancárias bloqueados a pedido do juiz Sergio Moro.

A neta do suíço Peter Paul Arnold Luchsinger abriu o bolso, o closet e o cofre para fazer uma doação pessoal ao petista no valor de cerca de R$ 500 mil em dinheiro, joias e objetos de valor.
"Com o bloqueio dos bens de Lula, Moro tenta inviabilizá-lo tanto na política quanto pessoalmente. Vou fazer uma doação para que o presidente possa usar conforme as necessidades dele", diz Roberta.
Ela saca da bolsa Hermés um cheque ao portador no valor de 28 mil francos suíços (cerca de R$ 91 mil), mesada que recebia do avô morto em 8 de julho, aos 92 anos.
"Foi o último cheque que recebi dele e vou repassar integralmente ao Lula. Agora, já podem dizer que ele tinha conta na Suíça, aquela que os procuradores da Lava Jato tanto procuraram e não acharam", ironiza Roberta.
A herdeira bilionária recheou uma mala da marca Rimowa de objetos que o ex-presidente poderá transformar em dinheiro.
Entre eles, um relógio Rolex (R$ 100 mil) e um anel de diamantes da joalheira Emar Batalha (R$ 145 mil), que enfeitou um editorial da revista "Vogue". "Lula vai poder penhorar tudo", sugere a doadora.
Na mala que será entregue pessoalmente nos próximos dias, em data que está sendo negociada com o ex-ministro Gilberto Carvalho, há ainda objetos de desejo de blogueiras e "it girls": uma bolsa Chanel (R$ 32 mil), um par de sandálias Christian Louboutin (R$ 3 mil) e um vestido Dolce & Gabbana (R$ 30 mil).
"São itens que poderão ser leiloados em um evento em benefício ao ex-presidente", propõe Roberta.
Uma bandeja de prata, com o brasão da família Luchsinger, foi incluída na lista. Segundo ela, é um protesto pelo confisco dos presentes que Lula recebeu de chefes de Estado quando estava na presidência.
Roberta justifica a doação com críticas ao que qualifica de "excessos" e "seletividade" da cruzada anticorrupção empreendida por Moro e companhia.
"É indevido esse protagonismo político da Lava Jato, que fere o sistema de pesos e contrapesos entre os poderes da República", diz. "Perseguir o Lula é perseguir o povo brasileiro."
CARREIRA POLÍTICA
Dona de uma agenda de contatos políticos de todos os matizes ideológicos, Roberta pretende se lançar candidata a deputada estadual na eleição de 2018 pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil).
Ela se filiou ao partido ao se casar em 2009 com Protógenes Queiroz. Ex-deputado pela legenda, ele hoje se encontra em asilo político na Suíça para escapar da prisão após ser condenado por violação do sigilo no comando da Operação Satiagraha.
Divorciada há dois anos do ex-delegado que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, ela continua militando no PCdoB.
"Roberta tem personalidade própria, é progressista e provém de um segmento social pouco usual no nosso partido. É muito bem-vinda neste momento em que buscamos renovação e queremos trazer pessoas de bem para a política", afirma Walter Sorrentino, vice-presidente do PCdoB.
GRANDES FORTUNAS
Roberta não vê incompatibilidade entre seu estilo de vida sofisticado e a pregação de uma sociedade igualitária e sem classes sociais preconizada pelos comunistas.
Ela critica os cortes na área social aprovados por Temer e diz apoiar a taxação sobre grandes fortunas, proposta capaz de gerar calafrios entre seus amigos e parentes endinheirados.
"Sou absolutamente contrária à redução do dinheiro que vai para os mais pobres ao invés de aumentar a tributação para os mais ricos."
Em tempos de polarização, a herdeira diz não temer patrulha ideológica ao se perfilar nas fileiras da esquerda.
"Esse ódio exacerbado contra os partidos de esquerda, principalmente contra o PT, chegou ao ponto de cegar parte da sociedade. Virou moda se referir a Lula como ladrão", afirma. "Esses que hoje o demonizam se esquecem de que Lula foi bom para os pobres e também para os ricos e deixou a Presidência com 90% de aprovação."
Para Roberta, outro ponto que a faz continuar apoiando Lula, a quem prestou solidariedade no velório da ex-primeira dama Marisa Letícia, é o fato de o petista transitar entre empresários e trabalhadores. "Gosto disso. Também sou assim."
NA ESTRADA
A neta de banqueiro diz estar pronta para colocar o pé na estrada se for convidada a integrar a caravana do ex-presidente pelo país.
Para provar que não é só da boca para fora, ela está disposta a incluir no pacote de doações uma perua Volvo XC 60, ano 2015, blindada, avaliada em R$ 150 mil. "A perua da perua pode substituir a caminhonete velha que o Moro sequestrou do Lula", brinca.
Rica, loura e de esquerda, ela é comparada pelos amigos à senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), ex-petista. "Enquanto eles acham graça da minha militância, eu aproveito para pedir que também colaborem com o 'bolsa Lula'. Afinal, todos eles ganharam muito dinheiro nos governos do PT."
Condenado em primeira instância a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo que investiga a compra de um tríplex no Guarujá, o ex-presidente pode ficar inelegível em 2018.
Fato que não desestimula a campanha de doação aberta por Roberta. "Independentemente de ser ou não candidato, este dinheiro vai permitir a Lula sair pelo Brasil espalhando esperança. Não podemos perder a crença na política. Precisamos de união."  

Folha de São paulo

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Políticos querem financiar campanhas com dinheiro do povo. Comissão aprova fundo de R$ 3,6 bilhões.

Mais umas de nossos deputados que em sua maioria apoiam Temer. Após aprovar o texto-base da reforma política, a comissão da Câmara que discute mudanças no sistema eleitoral aprovou na madrugada desta quinta-feira (10), por 17 votos a 15, uma emenda que estabelece o chamado "distritão" nas eleições de 2018 e de 2020 para a escolha de deputados federais, deputados estaduais e vereadores (entenda como funciona esse sistema mais abaixo).
Imagem mostra os deputados da comissão da reforma política, durante a discussão do parecer de Vicente Cândido (PT-SP) (Foto: Fernanda Calgaro/G1)
A comissão também aprovou dobrar o valor previsto de recursos públicos que serão usados para financiar campanhas eleitorais. Segundo o texto, seria instituído o Fundo Especial de Financiamento da Democracia, que em 2018 levaria R$ 3,6 bilhões do Orçamento da União.

A comissão ainda não terminou de analisar a reforma, porque os deputados precisam votar mais destaques, ou seja, mais sugestões de alteração ao texto do relator, Vicente Cândido (PT-SP). Uma nova sessão foi marcada para as 10h desta quinta.
Após passar na comissão, o projeto seguirá para o plenário da Câmara. Por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), deverá ser aprovada em dois turnos antes de seguir para o Senado. A proposta precisa do apoio mínimo de 308 deputados.

Diocese de Cajazeiras faz alteração na Administração da Paróquia de Itaporanga

A Diocese de Cajazeiras divulgou na tarde desta quarta-feira, 09/08, que o Padre Cláudio Barros Praxedes, Administrador Paroquial de Itaporanga, será transferido para a Paróquia do Santuário Eucaristico de Sousa.

Padre Cláudio estava administrando a Paróquia de Itaporanga desde fevereiro de 2010 e fez um belo trabalho, com reconhecimento de toda a população, a exemplo da estruturação do Santuário do Cristo Rei e da revitalização da Igreja Matriz, além de construções, reformas e ampliações de várias capelas urbanas e rurais.

Em substituição ao Padre Cláudio, o Bispo Diocesano, Dom Francisco de Sales Alencar Batista nomeou o Padre RODOLFO DE CALDAS CAVALCANTE, natural de Igaracy/PB, até  agora Administrador Paroquial de São José  de Lagoa Tapada/PB.

Polícia prende na Paraíba homem apontado como um dos maiores assaltantes de bancos do Nordeste

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, em parceria com a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, realizou nessa terça-feira (8), no bairro de Manaíra, zona oeste da Capital, a prisão de Laerte Ambrósio de Oliveira, 38 anos, e José Carlos Silva do Nascimento, 46 anos. Os dois são acusados de praticar assaltos a banco em diferentes estados do Nordeste. A dupla foi presa em um carro com documentação falsa.

De acordo com as investigações, Laerte é considerado um dos maiores assaltantes de banco da região, sendo o chefe de uma quadrilha com atuação da Bahia ao Ceará. Ele estava cumprindo pena no presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, mas fugiu em janeiro deste ano. Desde então, estava sendo procurado pela polícia. No dia 29 de julho, Laerte escapou de um cerco policial realizado na cidade de São José de Mipibu. Na granja onde estava escondido, foram encontrados materiais usados pelo grupo nas ações criminosas, entre eles explosivos, que de acordo com o Deicor eram para causar explosões em até 200 agências bancárias.
Os levantamentos da Polícia Civil mostram que o chefe da quadrilha participou dos roubos às agências bancárias das cidades de Monte Alegre e Belém, no estado da Paraíba, e do roubo a um carro forte no município de São Pedro (RN). José Carlos, preso com Laerte, era pago por ele para esconder em uma casa na cidade de Goianinha, também naquele estado, o dinheiro roubado das agências, além de explosivos, armas e materiais usados nas ações criminosas. A casa servia de ponto de encontro e apoio para o bando.
Depois da prisão dos suspeitos, os policiais apreenderam na casa de José Carlos um veiculo roubado, uma submetralhadora 9mm, munições, uma grande quantidade de grampos, uma impressora, uma CNH falsa, duas identidades falsas em nome de Adriano de Sousa Tito e Alexandre de Lima Cunha, aparelhos celulares, cadernos com anotações e relógios. A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de receptação de veículo roubado, posse de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e adulteração de sinais identificadores de veículos. Laerte e José Carlos foram encaminhados para o Rio Grande do Norte.
Nesta quarta feira (9), dando continuidade às diligências, a Polícia Civil da Paraíba prendeu mais um integrante da quadrilha. “Hoje a nossa equipe conseguiu prender em um flat, no bairro de Manaíra, Francisco Renato da Penha, 37 anos. Ele é investigado por ter participado de vários assaltos a agências bancárias realizados aqui na Paraíba e no Rio Grande do Norte. Francisco Renato também tem um mandado de prisão preventiva expedido pela comarca do município paraibano de Paulista. Ele está recolhido na carceragem da Central de Polícia, em João Pessoa, e será encaminhado nesta quinta-feira (10) para audiência de custódia. A integração entre a Polícia Civil da Paraíba e do Rio Grande do Norte foi fundamental para o êxito desse trabalho, que retira de circulação pessoas responsáveis por crimes patrimoniais contra instituições financeiras em todo o nordeste e que ofereciam perigo para a sociedade”, concluiu o delegado João Paulo Amazonas, da DRE.